• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#66802
A Constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6°, que todos os seres humanos nascem livres como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na politica, pois no século XXI, ainda há indícios de cidadãos sem direito a liberdade e presos à trabalhos ilegais, dificultando deste modo, a universalização desse direito tão importante.

Em primeira análise, deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais supervisionando à tal situação pois pela Lei Áurea em 188, representou o fim de pessoas possuírem o trabalho escravo no Brasil. Nesse sentido, a falta de supervisão do Governo Federal e do Ministério do Trabalho, faz contradição a ideia do filósofo John Locke que configura-se como violações do direito a liberdade, já que o governo não está cumprindo sua função de garantir que os cidadãos desfrutem da liberdade,
que infelizmente está em falta e evidente no país.

Ademais, é fundamental salientar que segundo John Locke, "Onde há lei, não há liberdade". Contudo isso é um impulsionador de trabalhos ilegais que há no Brasil. Diante de tal, exposto pessoas em situação de vulnerabilidade de segurança, onde não há o direito de trabalhar livremente, e ainda é controlado, logo é indubitável que esse cenário continue pendurar.

Por conseguinte, é necessário combater esses obstáculos. Para isso, é crucial que o Governo Federal por intermédio do Ministério Público, façam averiguações, pesquisas sobre esses trabalhos irregulares de cunho social e racial, afim de que pessoas em situações de trabalho escravo, seja libertos, pois segundo a DUDH (Declaração Universal dos Direitos Humanos ), todos os seres humanos nascem livres, iguais, e em direitos. Assim, torna-se possível a construção de uma sociedade
permeada pela efetivação dos elementos elencados na Constituíção Federal de 1988.
poderiam me dar uma correção e uma nota para essa redação?? Se possivel, eu ficarei muito e muito felizz, obrigadaa. <3
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#66958
A Constituição Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6°, que todos os seres humanos nascem livres como inerente a todo cidadão brasileiro. Conquanto, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase na politica, pois no século XXI, ainda há indícios de cidadãos sem direito a liberdade e presos à trabalhos ilegais, dificultando deste modo, a universalização desse direito tão importante.

Em primeira análise, deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais supervisionando à tal situação, pois pela Lei Áurea em 1888, representou o fim de pessoas possuírem o trabalho escravo no Brasil. Nesse sentido, a falta de supervisão do Governo Federal e do Ministério do Trabalho, faz contradição a ideia do filósofo John Locke que configura-se como violações do direito a liberdade, já que o governo não está cumprindo sua função de garantir que os cidadãos desfrutem da liberdade, que infelizmente está em falta e evidente no país. [faltou arrematação]
* Muito repertório e pouca argumentação

Ademais, é fundamental salientar que [faltou apresentação do argumento antes do repertório] segundo John Locke, "Onde há lei, não há liberdade". Contudo, isso é um impulsionador de trabalhos ilegais que há no Brasil. Diante de tal, exposto pessoas em situação de vulnerabilidade de segurança, onde não há o direito de trabalhar livremente, e ainda é controlado, logo é indubitável que esse cenário continue pendurar.
* Procure seguir a mesma estrutura: apresentação do argumento + repertório + argumentação + arrematação

Por conseguinte, é necessário combater esses obstáculos < generalizou muito]. Para isso, é crucial que o Governo Federal por intermédio do Ministério Público, façam averiguações, pesquisas sobre esses trabalhos irregulares de cunho social e racial, a fim de que pessoas em situações de trabalho escravo, sejam libertos, pois segundo a DUDH (Declaração Universal dos Direitos Humanos ), todos os seres humanos nascem livres, iguais, e em direitos < não se traz repertório novo na conclusão]. Assim, torna-se possível a construção de uma sociedade permeada pela efetivação dos elementos elencados na Constituição Federal de 1988.
* É algo que o governo já faz, você precisa trazer uma solução que o governo não realiza e deveria fazer para resolver o problema

Estudex , Man, poderia detalhar a correç&[…]

O mundo pós-pandemia Observando o cen[…]

Por favor, poderiam corrigir? Grata🤗 eurodrigo […]

Oi. Ainda hoje eu tento corrigir sua redaç[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM