• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#72039
TEXTOS MOTIVADORES

Texto I
A Constituição Federal de 1988, no capítulo II, assegura os direitos sociais dos brasileiros, ou seja, os direitos
de cidadania. Nesse sentido, o governo, as empresas (públicas ou privadas) e cada cidadão, ao assumirem as suas
cotas de responsabilidade social e o exercício de cidadania, colocam-se a “favor da correnteza” nas tendências do
novo paradigma, ao viabilizarem que crescimento social marcará, definitivamente, a melhoria da qualidade de vida
das pessoas. Responsabilidade social e filantropia não devem ser confundidas, mas estão intimamente entrelaça-
das. E quando se trata de empresas, seja pública ou privada, pode-se dizer que filantropia é uma ação social ex-
terna e desvinculada da empresa. Exemplo: é quando a organização faz uma doação a uma pessoa, a uma família
carente ou a uma entidade de assistência social com cestas básicas, remédios, cobertores.
Já a responsabilidade social faz parte da cadeia de negócios da organização e engloba preocupações de um
público maior, ou seja, acionistas, funcionários, prestadores de serviços, fornecedores, consumidores, meio ambien-
te, o bem-estar, entre outras. Hoje, principalmente, as empresas inovadoras traçam um caminho que pode e deve
ser seguido ao oferecer oportunidades de preocupação social ou implantando programas socialmente responsáveis,
como de reciclagem de resíduos, flexibilidade no trato com o diferente, cooperativismo, orientações à saúde etc.

Texto II
A Responsabilidade Social Empresarial (RSE) tornou-se um fator de competitividade para os negócios. No pas-
sado, o que identificava uma empresa competitiva era basicamente o preço de seus produtos. Depois, veio a onda
da qualidade, mas ainda focada nos produtos e serviços. Hoje, as empresas devem investir no permanente aper-
feiçoamento de suas relações com todos os públicos dos quais dependem e com os quais se relacionam: clientes,
fornecedores, empregados, parceiros e colaboradores. Isso inclui também a comunidade na qual atua o governo,
sem perder de vista a sociedade em geral, que construímos a cada dia.

Texto III
Os empresários de micro e pequenas empresas, por sua vez, têm demonstrado que podem responder com
ações efetivas às novas exigências e necessidades do mercado. É crescente entre esses empreendedores a cons-
ciência de que a gestão socialmente responsável é a nova maneira de gerenciar os negócios e de tomar decisões, o
que certamente contribuirá para a disseminação de novos valores para a sociedade, a promoção da equidade social
e da sustentabilidade ambiental e a construção de um país melhor.

COMO CORRIGIR:
A redação vale 100 pontos, o candidato deve pontuar no mínimo 70.

Adequação ao tema proposto; (20 pontos)
Adequação ao tipo de texto solicitado; (20 pontos)
Emprego apropriado de mecanismos de coesão (referenciação, sequenciação e demarcação das partes do texto); (20 pontos)
Capacidade de selecionar, organizar e relacionar de forma coerente argumentos pertinentes ao tema proposto; (20 pontos)
Pleno domínio da modalidade escrita da norma-padrão. (20 pontos - nesse quesito a cada erro, deve-se descontar 1 ponto)

REDAÇÃO - Dissertativa argumentativa

A temática acerca do norte que a responsabilidade social de uma empresa deve tomar aborda dois polos: filantropia e competitividade. Contudo, não há dúvidas de que a beneficência deve predominar, dada a sua importância em uma cidadania, bem como o reforçamento da estratégia de "Employer Branding".

Em primeira análise, a empresa preocupada em adotar a prática filantrópica passa a ter benefícios, assim como a sociedade também. De acordo com o Blog Xerpay, a palavra "filantropia" tem origem grega e significa um amor profundo à humanidade. Sob esse viés, esse ato corporativo mostra a preocupação com o bem coletivo, já que ele é feito por meio de doações em dinheiro, cestas básicas e tem a vantagem de facilitar a participação dos funcionários em causas comunitárias. Dessa forma, a instituição pratica o bem, ação mais que necessária.

Além disso, a ação filantrópica corporativa reforça o "Employer Branding". Visto isso, o engajamento dos colaboradores em defender a própria organização passa a ser significativo, agregando mais valor a ela, fato causado, muitas vezes, pela beneficência da empresa que orgulha seus funcionários. Desse modo, o público é atraído e a instituição é bem vista.

Fica claro, portanto, que a responsabilidade social deve ser norteada pela filantropia, já que isso fortalece tanto a empresa, quanto a sociedade que necessita de boas ações devido a grande quantidade de indivíduos carentes financeiramente. Assim, a competitividade não é de fato tão relevante.

@eurodrigo e @jheromagnoli, @chihirukiki pode tentar corrigir essa redação? É a primeira que faço para concurso.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Aqui está a minha análise da sua r[…]

Ficou espetacular! :) Muito obrigado!!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM