Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#59813
Comenta-se com frequência a respeito da indiscutível participação ativa da ciência no ramo da saúde, no cenário mundial contemporâneo. A área médica tem apresentado significativos avanços – visto que a mesma também acompanha a tecnologia e a globalização – e consequentemente, isso gera grandes impactos no meio citado.
Previamente, é indispensável abordar acerca do que leva à formação e/ou graduação de cada vez mais profissionais em áreas específicas do curso apresentado, no Brasil, e analisar os impactos na sociedade brasileira.
De acordo com um estudo da Demográfica Médica 2018, foi apontado que 4 áreas médicas são as mais concorridas do país, concentrando 38, 4% de todos os especialistas de ambos os sexos, a saber: Clínica Médica, Pediatria, Cirurgia Geral e Ginecologia/Obstetrícia.
Através de uma compreensível análise, é possível notar que isso se dá pelo fato de que o sistema público de saúde praticamente depende desses campos. Entretanto, o interesse reside na tão aclamada e procurada Clínica Geral.
Decerto que a razão dessa área possuir mais especialistas seja o fato da mesma ser um pré-requisito para outras, como a gastrenterologia e neurologia, que por sinal também são muito comuns na atualidade.
Algo importante de se destacar, é que a Clínica não engloba as áreas médicas citadas no parágrafo anterior - quando se falava das mais frequentadas no Brasil -, e é nesse ponto que se percebe certo “diferencial”, onde argumentos podem ser verdadeiramente expostos.
Ao examinar esse ramo, pode-se considerá-lo como a base da Medicina. Seu ponto forte seriam os desafios diagnósticos, o que pode ser de extrema relevância por propiciar conhecimentos amplos aos clínicos que atuam na Saúde Pública.
Certamente que o SUS (Sistema Único de Saúde, cuja finalidade de criação é ser um sistema público de saúde que atenda a população) poderia melhorar suas precárias condições. Entretanto, existe a falta de recursos nesse âmbito, o que dificulta um bom e eficiente atendimento. Como uma das causas para esse contexto, existe a má distribuição de médicos que acabam por gerar dois problemas: o primeiro é o fato de que o Brasil tem um território muito populoso e pouco povoado (em algumas regiões), e outro, se dá pela má distribuição de médicos entre os setores públicos e privados de saúde.
Consoante os dados da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) de 2018, doze médicos são registrados (sendo a maioria clínicos) a cada mil habitantes na região Sudeste e como contraste, na parte do Norte e Nordeste, há menos de um capacitado, nessa proporção de mil. A diferença é assustadora, e embora ainda tenha ocorrido certa interiorização nessas duas últimas regiões (57% de mais vagas abertas), há grande precariedade educacional nas escolas. Existe muito a ser aprimorado.
Em face à essa realidade, pode sim se afirmar que a área mais impactante da Medicina, pelo menos no Brasil, é a Clínica, devido aos fatores positivos e negativos, expostos anteriormente.
É de fato uma área de extrema importância e que também deveria ser mais valorizada, a partir de melhores condições de trabalho, o que significa mais investimentos por parte do governo, não esquecendo também de outras áreas pouco ocupadas da Medicina, melhorando assim todo o sistema e visando a saúde popular.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Na série " as telefonistas ", em […]

Ashiley Oii, você poderia corrigir minh[…]

É de conhecimento geral que, a tradi&ccedi[…]

.Promulgada em 2014 , a Lei 12.965/2014 tem o obje[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM