Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
Por Dav3030
#49495
Desde a época do iluminismo, entende-se que uma sociedade só progride quando um se mobiliza com o problema do outro. Entretanto, no contexto brasileiro do século XXI observa-se justamente o contrário, à medida que se denota a publicidade infantil na sociedade. Diante dessa perspectiva, percebe-se a consolidação de um grave problema, em virtude da insuficiência de leis especificas e a má influencia da mídia sobre o assunto.
Em primeira analise, vale ressaltar que a falta de leis influi decisivamente na consolidação do problema. Segundo John Locke, o Estado deve garantir, através das leis, os direitos naturais dos indivíduos, entre eles, o direito a privacidade. Assim, sem base legal, as ações de remediação do problema são impossibilitadas, o que acaba por agravar ainda mais a questão da exposição excessiva de crianças na mídia.
Outrossim, cabe evidenciar que a má influencia da mídia é um forte obstáculo para a solução da problemática. Segundo o sociólogo francês Pierre Bourdieu, o que foi criado para ser instrumento de democracia não deve ser convertida em mecanismo de opressão. Nessa perspectiva, denota-se que a mídia, em vez de promover discussões que elevem a qualidade das informações da sociedade em geral sobre o assunto, ela acaba muitas vezes influenciando na consolidação da problemática.
Portanto, é indubitável a existência de entraves que dificultam a resolução da publicidade infantil no Brasil. Desse modo, faz-se necessário que o Ministério da Cidadania juntamente com os conselhos tutelares promovam medidas que repreendam as empresas que praticam a exposição excessiva de crianças em suas propagandas, tais como aplicação de multas, por meio da implementação de leis que devem ser aprovadas pelo poder legislativo do Estado brasileiro , com o objetivo de diminuir a publicidade infantil na sociedade.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Muito obrigado pela correção!! Sobre[…]

Redação incrível. Obedecendo […]

Sim, apesar de ser uma redação com p[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM