Avatar do usuário
Por francis
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#1938
TEXTO 1:
Uma vez que nos tornamos leitores da palavra, invariavelmente estaremos lendo o mundo sob a influência dela, tenhamos consciência disso ou não. A partir de então, mundo e palavra permearão constantemente nossa leitura e inevitáveis serão as correlações, de modo intertextual, simbiótico, entre realidade e ficção. Lemos porque a necessidade de desvendar caracteres, letreiros, números faz com que passemos a olhar, a questionar, a buscar decifrar o desconhecido. Antes mesmo de ler a palavra, já lemos o universo que nos permeia: um cartaz, uma imagem, um som, um olhar, um gesto. São muitas as razões para a leitura. Cada leitor tem a sua maneira de perceber e de atribuir significado ao que lê.
Inajá Martins de Almeida. O ato de ler. Internet: <www.amigosdolivro.com.br> (com adaptações).
TEXTO 2:
Minha mãe muito cedo me introduziu aos livros. Embora nos faltassem móveis e roupas, livros não poderiam faltar. E estava absolutamente certa. Entrei na universidade e tornei-me escritor. Posso garantir: todo escritor é, antes de tudo, um leitor.
Moacyr Scliar. O poder das letras. In: TAM Magazine, jul./2006, p. 70 (com adaptações).
TEXTO 3:
Existem inúmeros universos coexistindo com o nosso, neste exato instante, e todos bem perto de nós. Eles são bidimensionais e, em geral, neles imperam o branco e o negro. Estes universos bidimensionais que nos rodeiam guardam surpresas incríveis e inimagináveis! Viajamos instantaneamente aos mais remotos pontos da Terra ou do Universo; ficamos sabendo os segredos mais ocultos de vidas humanas e da natureza; atravessamos eras num piscar de olhos; conhecemos civilizações desaparecidas e outras que nunca foram vistas por olhos humanos. Estou falando dos universos a que chamamos de livros. Por uns poucos reais podemos nos transportar a esses universos e sair deles muito mais ricos do que quando entramos.
Internet: <www.amigosdolivro.com.br> (com adaptações).

Considerando que os textos acima têm caráter apenas motivador, redija um texto dissertativo a respeito do seguinte tema:
O PODER DE TRANSFORMAÇÃO DA LEITURA. Ao desenvolver o tema proposto, procure utilizar os conhecimentos adquiridos e as reflexões feitas ao longo de sua formação. Selecione, organize e relacione argumentos, fatos e opiniões para defender seu ponto de vista e suas propostas, sem ferir os direitos humanos.

Observações:
– Seu texto deve ser escrito na modalidade padrão da língua portuguesa.
– O texto não deve ser escrito em forma de poema (versos) ou narração.
– O texto deve ter, no mínimo, 15 (quinze) linhas escritas.
– A redação deve ser desenvolvida na folha própria e apresentada a tinta.
– O rascunho pode ser feito na última página deste Caderno.

Experimente corrigir uma redação para ver como você aprenderá MUITO mais...
Avatar do usuário
Por AninhaMart
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#93597
@francis,

Para o filosofo ''Platão'' o livro é um mestre que fala, mas não responde. Os livros trazem consigo uma emaranhada tipos de informações, fatos e opiniões de diversos assuntos que leva a uma opinião pessoal mais concreta. Os livros tenham o poder de transformar uma pessoa e a pessoa transforma o mundo atravéz da leitura. Todavia, o povo Brasileiro não tem o hábito de ler, por mais que saibam dos beneficios, o que gera uma falta de conhecimento e sabedoria sobre qualquer assunto.

Em primeiro lugar, é importante destacar o motivo pelo qual crianças e adolescentes não criam o hábito de leitura. com as tecnologias avançadas tudo se tornou mais fácil e prático, substituem uma boa leitura pelo filme ou série sem levar em consideração que vão perder os beneficios que só os livros trazem, para o educador paulo freire “A leitura do mundo precede a leitura da palavra”. Contudo, é evidente que os livros nos trazem a conhecimento sobre qualquer assunto partindo do ponto de vista de cada escritor e os fatos pela qual levaram a chegar a tal conclusão

Em segundo lugar,é importante ressaltar a sabedoria que é desenvolvida atrávez da leitura, pois apenas com ela o individuo tem sua opinião formada sobre qualquer assunto e tema. Para Carlos Drummond de Andrade, “A leitura é uma fonte inesgotável de prazer mas por incrível que pareça, a quase totalidade, não sente esta sede.” Atualmente, a sociedade não busca e nem se interessa por livros, a maioria das pessoas sejam ricas ou pobres, ou estejam no ônibus ou metro, todas vão estar usando a famosa teconologia e poucos com livros.

Para isso, o ministério da educação deve propor para escolas e faculdades a leitura como uma forma de beneficio para os estudantes, estimulando a vontade para que busquem a leitura, por meio de conversas e palestras sobre a importância que os livros trazem para o mundo e sociedade a fim de que a sociedade não só espalhe informações e fatos como também receba. Tal ação, pode, ainda gerar mais debates e criticas sobre o mundo que se vive e podendo criar a oportunidade de mundo o país que se vive para melhor.
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
123 Exibições
por SUPERGABIRU
O poder de transformação da leitura
por Samanth44    - In: Outros temas
0 Respostas 
97 Exibições
por Samanth44
0 Respostas 
33 Exibições
por Maria3030
1 Respostas 
426 Exibições
por Akame
0 Respostas 
88 Exibições
por rfelipeneto
0 Respostas 
82 Exibições
por DudxLima
6 Respostas 
371 Exibições
por Theuzim99
0 Respostas 
38 Exibições
por yasmincorbi
Os contrastes da transformação dos bancos
por Abimeleque    - In: Outros temas
0 Respostas 
115 Exibições
por Abimeleque
5 Respostas 
136 Exibições
por besourokafka

Crítico. Tolerante. Consciente. Esperan&cce[…]

Desde o período antigo, filósofos co[…]

O trabalho sempre foi alvo de uma suposta valoriza[…]

Como tudo no mundo, os recursos tecnológico[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM