Avatar do usuário
Por francis
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#91885
INSTRUÇÕES PARA A REDAÇÃO
  1. O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado.
  2. O texto definitivo deve ser escrito à tinta, na folha própria, em até 30 linhas.
  3. A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção.
  4. Receberá nota zero, em qualquer das situações expressas a seguir, a redação que:
  • tiver até 7 (sete) linhas escritas, sendo considerada "texto insuficiente".
  • fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo.
  • apresentar parte do texto deliberadamente desconectada do tema proposto.
  • apresentar nome, assinatura, rubrica ou outras formas de identificação no espaço destinado ao texto.

TEXTOS MOTIVADORES

TEXTO I

O que é a cultura do imediatismo?
A expressão cultura do imediatismo se refere à forma como as pessoas vivem atualmente. O tempo é entendido como um instante prolongado, o passado não existe nessa concepção e o futuro é incerto. Embora realmente o passado não possa ser alterado e o futuro seja incerto, essa concepção imediatista é falha.

Ao ignorar completamente o passado, o indivíduo deixa de aprender importantes lições com seus erros. E, ao entender o futuro apenas como incerteza, deixa passar a oportunidade de planejar os seus próximos passos. De acordo com a abordagem proposta por Rushkoff, essa nova postura comportamental tem muito a ver com a massificação da internet.

A velocidade da internet em que tudo é para já, passou a ser aplicada também na vida cotidiana. Provavelmente, você já entrou em desespero com uma conexão lenta em que precisou aguardar eternos 5 minutos por um download. Essa é uma forma de entender a impaciência que guia a vida do imediatista. Esse indivíduo também se torna apático por ter a impressão de que tudo tem que ser para agora, o depois não existe.

As pessoas não enxergam mais o presente como consequência do passado, apenas o agora importa. O imediatismo cria uma ânsia sem fim por resolver e ter tudo no mesmo instante. Observa-se que, quanto mais imediatista uma pessoa é, mais ela tem dificuldades de estabelecer uma relação saudável com os demais.


TEXTO II
A cultura da urgência no Brasil contemporâneo (2).png

TEXTO III

Consequências da cultura do imediatismo
Muita gente acredita que a cultura do imediatismo só afeta os nossos comportamentos e que não existe nenhum tipo de problema nisso, já que um pouco de adrenalina nunca fez mal para ninguém. A grande questão é que existem alguns efeitos colaterais de cunho psicológico que podem trazer danos mais sérios e a longo prazo. Conheça os principais:

Ansiedade
Não é novidade para ninguém que o imediatismo pode trazer de brinde a ansiedade para a vida de qualquer pessoa. Afinal, quando se quer tudo para já e sem a devida compreensão de que as coisas têm o seu tempo para acontecer, a tendência é que se desenvolva ansiedade em um grau elevado, na maioria das vezes. Se você acha que está se tornado um imediatista, é melhor tomar cuidado para não deixar a ansiedade dar as caras em sua vida.

Depressão
Considerado o mal do século, a depressão também é outra séria consequência da cultura do imediatismo, tão presente em nossa sociedade. Por se sentirem frustradas por não conseguirem atender aos padrões ditados pelo consumismo desenfreado, muitas vezes impostos pelas redes sociais, milhares de pessoas começam a ficar deprimidas, já que acreditam que nada em suas vidas faz mais sentido. Elas acabam acreditando que não são boas o suficiente e que a vida dos outros sempre é melhor do que a delas.

Dificuldade extrema em lidar com frustrações
A cultura do imediatismo também deixa todos os seus adeptos com muito mais dificuldades em lidar com as frustrações do dia a dia. Aceitar com menos resistência os desafios da vida pode ser um fardo extremamente pesado para os imediatistas. A resiliência passa bem longe do cotidiano dessas pessoas, por isso, elas sofrem muito mais, até com as pequenas frustrações. Muitos problemas não conseguem ser resolvidos de imediato, o que aumenta a sensação de frustração em pessoas imediatistas.


TEXTO IV

Cultura da urgência
O psicólogo social Cláudio Paixão Anastácio de Paula observa que a busca desenfreada por produtividade – simbolizada por soluções que prometem melhorar a nossa relação com o tempo a partir da aceleração da reprodução de conteúdos – está plenamente incorporada à vida em sociedade na contemporaneidade. Citando a pesquisadora francesa Nicole Aubert, autora do livro “O Culto da Urgência”, ele indica que o fenômeno teria se iniciado nas rotinas laborais antes de invadir o cotidiano doméstico.

“Sobretudo a partir do advento do digital, houve uma mudança em relação à percepção do tempo, afetando, primeiramente, os trabalhadores. A temporalidade das horas trabalhadas passa a ser atropelada por essa aceleração. Dessa forma, há a cobrança por uma entrega maior em um tempo menor. Assim, na medida em que a possibilidade de interação se tornou mais rápida, houve também uma mudança na percepção da fluidez de nossas tarefas, e passamos a nos entender como capazes de executar multitarefas simultaneamente”, comenta, inteirando que essa lógica deixou de habitar apenas o ambiente das empresas e passou frequentar os lares, principalmente após o surgimento dos smartphones.

“Isso produz em nós uma busca por retorno imediato em relação a quaisquer assuntos. Por isso, vemos que as pessoas cobram respostas umas das outras constantemente. E elas também se cobram responder de imediato a essas comunicações”, observa, admitindo que esse padrão tende a gerar uma rede de cobranças, revelando-se um disparador de ansiedade, o que é potencialmente maléfico.

Tanta pressa em responder e em ser respondido, em satisfazer a demanda do outro e em ter a sua demanda satisfeita vai desencadear “um engarrafamento de urgências”, assevera o psicólogo. “E, quando não conseguimos estabelecer o que seria a urgência de cada demanda, é natural que a gente dê o mesmo tratamento para todas. Além de aumentar os níveis de estresse, porque tudo se torna ‘para ontem’, há uma chance enorme de fazer as coisas mal feitas ou executadas de maneira incompleta. Tudo isso por consequência dessa pressa associada à execução de tarefas sobrepostas, a essa premissa do tudo ao mesmo tempo e agora”, critica.

Outro problema relacionado à cultura da urgência diz da qualidade das nossas decisões. “Se estamos em um ritmo muito intenso, lidando com processos simultâneos e precisamos tomar decisões, tudo ao mesmo tempo, a tendência é que a gente vá agir sob pressão, e isso vai influenciar nossa capacidade de tomada de decisão. Se não temos tempo para respirar – para contar até dez, como dizem os mais antigos –, vamos decidir em um momento em que estaremos sequestrados pelas emoções, pelo estresse, pela ansiedade. Isso significa que nossa capacidade de fazer um julgamento ponderado, considerando diversas variáveis possíveis, estará ameaçada”, avalia.



PROPOSTA DE REDAÇÃO
A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema “A cultura da urgência no Brasil contemporâneo” apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.
Você não está autorizado a ver ou baixar esse anexo.

Experimente corrigir uma redação para ver como você aprenderá MUITO mais...
Avatar do usuário
Por Douglas23
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#91960
Em um mundo no qual as pessoas se encontra em pleno desenvolvimento tecnológico... Onde vivem uma cultura imediata. A procura de uma vida onde querem obter respostas rápidas para seus problemas...
Que esquecemos que somos seres históricos,culturais...sabemos que nenhum problema ou solução se resolve da noite para o dia . Essa obsessão por querer uma solução rápida tem deixado muitas pessoas doente , como : depressão , frustração, ansiedade...
Ao invés de procurarmos uma evoluir constantemente, estamos regredindo e nós tornando pessoas frágeis , medrosas e frustradas...
Entretanto devemos procurar ajuda e um mundo onde a realidade não seja virtual , onde devemos bater de frente com a nossa realidade ...
Procuremos ajuda como; psicólogo, diminuir o tempo em smartphone temos que nós disprender dessa cultura imediata.
0
Avatar do usuário
Por Douglas23
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#93021
Douglas23 escreveu:Em um mundo no qual as pessoas se encontra em pleno desenvolvimento tecnológico... Onde vivem uma cultura imediata. A procura de uma vida onde querem obter respostas rápidas para seus problemas...
Que esquecemos que somos seres históricos,culturais...sabemos que nenhum problema ou solução se resolve da noite para o dia . Essa obsessão por querer uma solução rápida tem deixado muitas pessoas doente , como : depressão , frustração, ansiedade...
Ao invés de procurarmos uma evoluir constantemente, estamos regredindo e nós tornando pessoas frágeis , medrosas e frustradas...
Entretanto devemos procurar ajuda e um mundo onde a realidade não seja virtual , onde devemos bater de frente com a nossa realidade ...
Procuremos ajuda como; psicólogo, diminuir o tempo em smartphone temos que nós disprender dessa cultura imediata.
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
1 Respostas 
227 Exibições
por Starlet
13 Respostas 
623 Exibições
por lidia10
2 Respostas 
405 Exibições
por danielllima
0 Respostas 
118 Exibições
por kelykarine
0 Respostas 
62 Exibições
por kelykarine
A cultura da urgência no Brasil contemporâneo
por Ivel    - In: Outros temas
1 Respostas 
123 Exibições
por Ivel
1 Respostas 
147 Exibições
por Panetony
1 Respostas 
180 Exibições
por Starlet
1 Respostas 
57 Exibições
por kelykarine
1 Respostas 
93 Exibições
por GeovanaAnt

OlrenBeat poderia corrigir por favor

Fome no Brasil

O Brasil é o maior produtor de alimento do […]

Se está à procura de quais os melho[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM