• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#62579
No livro “Memórias do Cárcere” do autor modernista Graciliano Ramos, é retratada sua trajetória enquanto encarcerado, a qual foi marcada pela violência, tortura e sordidez no presídio onde estava. Analogamente, fora da ficção, esse cenário é comumente vivenciado no Brasil hodierno devido a precariedade encontrada no sistema carcerário. Nessa lógica, depreendem-se como agravadores dessa realidade, a violência psicológica e física cometida por policiais e a negligência estatal em questão nesse contexto.

Precipuamente, a violência policial para com as pessoas privadas de liberdade corrobora intrinsecamente com as más condições que o sistema carcerário nacional enfrenta, Acerca disso, o sociólogo francês Pierre Bourdieu adota o termo “violência simbólica”, o qual defende que a violência não está apenas ligada à brutalidade física, mas também, é ligada ao fator psicológico. Sob esse viés, o cenário pessimista agravado pela brutalidade policial vai de encontro ao pensamento do sociólogo pois indivíduos encarcerados usualmente são rebaixados e violentados de numerosas maneiras. Dessa maneira, tendo seus direitos previstos por lei desacatados perante a situação sofrida.

Em segunda análise, denuncia-se, ademais, a negligência estatal como uma problemática intimamente ligada ao contexto carcerário tupiniquim. Nessa lógica, Thomas Hobbes, filósofo inglês, em seu livro “Leviatã”, afirma que é dever do Estado promover meios que auxiliem o desenvolvimento do corpo social. Entretanto, a realidade enfrentada é oposta ao pensamento do filósofo, uma vez que a passividade do sistema político é um dos principais causadores do caos instaurado no complexo penitenciário. Por conseguinte, a condição precária que se encontra o sistema tende a agravar-se e a segregar mais severamente os indivíduos encarcerados de suas garantias.

Portanto, faz-se mister que medidas exequíveis sejam tomadas a fim de atenuar a problemática em questão no sistema prisional brasiliense. Dessa maneira, urge que o Ministério dos direitos humanos promova missões de inspeção dentro de presídios, nessa conformidade aqueles que praticarem algum ato violento sejam punidos conforme a lei. Além disso, é fulcral que o Departamento Penitenciário nacional, com auxílio de renda provida pelo Governo Federal realize manutenções e reformas administrativas para o melhoramento estrutural e da gestão dos complexos prisionais, de modo que as pessoas privadas de liberdade possam usufruir de suas garantias. Desse modo, o cenário presente no livro “Memórias do Cárcere” não fará analogia ao contexto carcerário atual.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#63125
Opa, @rnjun, tudo bem?
Farei sim! Mas terá que me desculpar a demora, pois eu realmente sou lerda e estou com 15 textos para dar uma olhada (tentarei corrigir ainda essa semana). Se tiver muita pressa sugiro que mencione outra pessoa, mas caso possa esperar, será um prazer olhar sua redação! Novamente, desculpe! :)

O ABANDONO E A EVASÃO ESCOLAR NO BRASIL////[…]

jherodrigues quando tiver tempo se puder corrigir[…]

Literatura infantil

No ano de 1993 durante o poder de Adolf Hitler, em[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM