Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#59347
Nos últimos três anos, a "cultura do cancelamento" tem ganhado cada vez mais força no meio digital. Figuras públicas por serem mais expostas, são as principais vítmas, sofrendo boicotes e fortes ataques cyberneticos. O que começou como uma maneira de amplificar a voz de grupos oprimidos, se tornou um tribunal virtual, motivado pela intolerância.
Fazendo um paralelo com o linchamento, conclui - se que o cancelamento não é algo novo, mas que junto a sociedade evoluiu para o mundo digital, onde as pessoas tem a possibilidade de disseminar suas críticas para milhares de indivíduos, críticas essas que podem destruir a saúde mental de alguém.
No entanto, o cancelamento não tem a ver apenas com a divergegência de opiniões mas támbem com a violência no mundo virtual. Foi o caso da morte da infuenciadora digital Alinne Araújo, que ao ser abandonada pelo seu noivo no altar resolveu se casar sozinha para não perder a festa. Aline foi vítma de fortes ataques verbais e virtuais de haters, segundo eles a influenciadora "queria apenas se promover" nas redes e após alguns dias Alinne cometeu suicídio.
Embora as redes sociais tenham dado lugar de fala a indivíduos que não teriam voz na sociedade, muitas pessoas utilizam essa oportunidade para expressar a sua opinião de maneira a julgar e rotular outros indivíduos. Com isso, o cancelamento impulsiona uma busca incessante por uma perfeição inexistente, pois o medo de errar e ser linchado virtulamente ou restringido leva ao impedimento da auto aceitação do indivíduo.
Portanto, para erradicar o problema, se faz necessária a maior conscientização das pessoas de que o boicote atos de violência, embora seja de maneira virtual, não é a melhor forma de apontar erros. Tal medida pode ser tomada por meio de campanhas nas redes sociais feitas pelas grandes mídias, elaborando hastags acerca do tema, assim pessoas comuns também participariam ativamente das campanhas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

O Brasil se encontra nesse quadro vergonhoso, merg[…]

Flaviaa 3m1ly Andree algum de vcs pode corri[…]

Política é um sistema que visa mante[…]

[quote="Alerrandro"][mention]AMANDA95[/m[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM