• Avatar do usuário
#67407
Segundo a Constituição de 1988, saúde é um direito de todos. No entanto, na era digital, o autodiagnóstico e a automedicação com a ajuda da internet tem se tornado algo rotineiro para os brasileiros. Com o livre acesso às informações relacionadas a doenças e a ineficiência do Estado em garantir um sistema de saúde pública de qualidade, perpetua-se a problemática da cibercondria no cenário brasileiro. Fica evidente portanto, que medidas são necessárias para sanar tais mazelas.
Em primeiro lugar, é impossível negar os benefícios relacionados ao livre acesso ao conhecimento, e a internet tem sido uma aliada nos cuidados com a saúde. Entretanto, o uso descomedido de tal ferramenta tem causado danos maiores. A apresentação irrestrita de doenças graves relacionadas a sintomas comuns tem levado a um caso de histeria gerado pelos autodiagnósticos que consequentemente tem sido motivo para o aumento nos índices de intoxicação por automedicação.
Outrossim, é imperativo pontuar a falta de medidas governamentais acerca da promoção de um sistema de saúde público de qualidade. Em sua obra "Ética a Nicômaco", Aristóteles afirma que a política deve ser usada para garantir o bem-estar do corpo social, o que não é visto em âmbito brasileiro. As longas filas de espera, erros médicos, atendimento precário e a falta de medicamentos são fatores que tem levado a população a aderir o meio digital como forma de sanar questionamentos acerca de sua saúde.
Em síntese, fica claro a necessidade de uma ação conjunta entre o Governo Federal e o Ministério da Saúde, disponibilizando verbas e fiscalizando o uso destas para que cumpram sua função ante a população. É imprescindível também a promoção de canais informativos acerca dos perigos da automedicação e da falibilidade dos autodiagnósticos. Dessa forma, a Constituição garantirá os direitos inalienáveis da nação.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

De acordo com a Primeira Lei de Newton, um corpo e[…]

Doação do coração

A série médica americana "Grey'[…]

Carinho sanguíneo

A série médica americana "Grey'[…]

Índio no Brasil

Hoje,na sociedade brasileira, as políticas […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM