Avatar do usuário
Por gilerme
Quantidade de postagens
#86909
Não é de hoje que a sociedade em geral sofre com a falta de água potável, é um problema corriqueiro que diversas localidades são obrigadas a passar. Cada região possuí as suas divergências e seus aspectos que de certo modo contribuem, ou não, para a falta de água e suas derivadas consequências. É indiscutível dizer que se trata de algo que causará impactos catastróficos no futuro. De fato, ao se relacionar à um tema cujo representa tamanha importância para um considerável número de povoamentos, deve-se colocá-lo como prioridade.
Em virtude do cenário atual, os problemas ocasionados pela falta de água cresceram e crescem cotidianamente. Plantações sem abastecimento hídrico, empresas hidrelétricas passam a ser carentes da sua principal fonte de produção, municípios não apresentam a quantidade suficiente para distribuir de forma igualitária para os seus habitantes. Essas consequências advindas da falta de água apenas servem de começo para um aglomerado de futuros problemas, isso deve a má distribuição e utilização dos recursos disponíveis por toda a população, escassez de chuvas e, principalmente, a terrível organização dos órgãos governamentais.
Tendo em vista a pesquisa realizada no dia 01/10/2021 pelo G1, Jornal Nacional, dezesseis cidades paulistas enfrentam a falta de água nos reservatórios e utilizam o racionamento hídrico como tentativa de amenizar o ocorrido. Diversas empresas agricultoras pausaram seus trabalhos por não haver água para a produção de alimentos, o que gera um novo problema, a escassez de alimento. Fatos e mais fatos comprovam a seriedade do problema e a velocidade de agravamento que vem apresentando.
Evidentemente, a preocupação com as consequências da falta de água necessita de maior protagonismo ao se tratar de problemas de altíssima importância. Ao examinar os problemas, a desenvoltura de possíveis soluções da parte populacional e governamental é quase instantânea. Projetos com fins relacionados ao reaproveitamento de água, projetos sociais para a conscientização do uso correto da mesma e a construção de reservatórios hídricos para a contenção de substancias líquidas, projetos como estes seriam capazes de amenizar a falta de água e respectivamente as suas consequências.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
74 Exibições
por cecimedrado
1 Respostas 
468 Exibições
por Lcarol
0 Respostas 
102 Exibições
por Nagilaraquel
Escassez de água potável no Brasil
por Isabela0272    - In: Outros temas
1 Respostas 
228 Exibições
por Isabela0272
0 Respostas 
1056 Exibições
por Galenoluise
0 Respostas 
28 Exibições
por karinesomer
1 Respostas 
229 Exibições
por Libia928
0 Respostas 
74 Exibições
por paulin085
1 Respostas 
54 Exibições
por paulin085
0 Respostas 
41 Exibições
por paulin085

-Entre os aspectos referentes as atribuiç&o[…]

httalunoo VictorF Gi69 Nayanne EuDavila […]

Anna1 , obrigada, Anna <3 Sempre fico inse[…]

A maioria das pessoas que vivem com HIV ou AIDS re[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM