Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
Por emyblx
#42060
Somente um mês dedicado à essa luta não basta, a depressão e o suicídio existem durante o ano e mesmo assim, só é atendido com campanhas grandes. A única alternativa é a mudança de postura da sociedade, como dar maior atenção ao tema, tratar gratuitamente com psicólogos e medicamentos e trazer a pessoa afetada de volta a dias de luz.
Durante a pandemia do Coronavírus (Covid-19), a taxa de suicídio aumentou significativamente, com todas as classes sociais e atingindo todos os gêneros. Um dos maiores motivos foi a perda de empregos e o fechamento de empresas e comércios. A queda da economia nesse período fez com que famílias fossem desestabilizadas, já que suas fontes de renda também foram afetadas de forma brusca.
A busca pelos tratamentos psicológicos também cresceu, porém, essa busca é limitada, já que a maioria dos profissionais capacitados são pagos e nem todos tem essa condição financeira, ou seja, mais uma vez, são deixados a mercê de seus próprios esforços e pensamentos. Diversas pessoas recorreram a métodos de tratamento alternativos, como a meditação, a ioga e outros tipos de exercícios físicos. Animais de estimação também foram adotados como parte de um tratamento, já que trazem uma alegria pro ambiente que frequentam.
Mesmo com todos os esforços de mudança, a atenção para o suicídio só é considerada necessária no mês de Setembro, com a campanha do ''Setembro Amarelo'' que tem como principal projeto a prevenção, aconselhamento e tratamento da depressão e pensamentos e atitudes suicidas. A crítica é que, somente em um mês ao longo de doze meses que compõem um ano, é falado sobre esse assunto. Como? com formas de tratamentos totalmente gratuitas e oferecidas pelos estados, consultas médicas com profissionais capacitados e medicamentos gratuitos são algumas das reinvindicações.
Com isso, muitas pessoas pensariam muito mais antes de tomar uma atitude que pode ser drástica. Não só para elas, mas também para seus familiares, amigos e conhecidos próximos e distantes- pessoas que gostam e se importam. A mudança tem que vir das mãos do estado e não somente projetos que ficam parados sem nenhum tipo de atenção.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Ótimas colocações, OBRIGADA m[…]

Machado de Assis, em sua fase realista, despiu a s[…]

Há milênios, a medicina está e[…]

No cenário social vigente, a persistê[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM