Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#47028
O artigo 5° da Constituição Federal - Carta Magna do Brasil, data que todos são iguais perante a lei, garantindo direitos iguais a todos, inclusive o direito à liberdade e à igualdade. Todavia é indubitável a ausência de liberdade no que diz respeito a doação de sangue por parte dos homossexuais, visto que o preconceito vigente com estes grupos teve seu surgimento na década de 80 com a epidemia da AIDS que afetou em maioria os homossexuais, além da falta de informação que se teve durante o período, logo faz-se necessário o debate a respeito dos parâmetros da legislação que definem o doador.
Primordialmente, é importante compreender que a orientação sexual não deve ser posta como critério de doação de sangue, já que isso está diretamente ligado ao preconceito instaurado na sociedade, como o imposto de que homoafetivos não devem ter relações entre si no período de um ano, já que heterossexuais também podem ter doenças transmissíveis e esses são isentos da abordagem. Em paralelo a isso, segundo o Ministério da Saúde, o número de doações de sangue que ocorrem no Brasil são consideravelmente baixos, isso é um fator que poderia ser amenizado se não houvesse tais impedimentos a determinados grupos nos hemocentros.
Por outro lado, segundo o jornalista Carlos Medeiros "A partir do debate e reconhecimento da existência de um problema é que se pode começar a enfrentá-lo." com isso, deve-se reconhecer que a ausência de igualdade nos critérios que definem o doador contrariam o que se tange na legislação e que isso traz o aumento do preconceito e corrompe um ato que poderia salvar vidas.
Portanto, com base nos fatos supracitados, é essencial que o governo crie campanhas através dos meios sociais que incentivem as pessoas ao debate em prol do combate ao preconceito, além de analisar e fiscalizar a legislação para que não se promovam mais restrições e preconceitos para que se diminua a desigualdade e o preconceito imposto na sociedade, assim como o aumento do número de vidas salvas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

A Revolução Industrial foi um per&ia[…]

A constituição Federal de 1988, docu[…]

Transtornos mentais são muito comuns na soc[…]

O Filme "Coringa" apresenta a vida de um[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM