Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#40191
No filme "O jogo da imitação" conta sobre a história de Alan Turing, que desvendou o código nazista por sua inteligência, ele era gay e por sua sexualidade deteve a uma castração e tratamentos químicos, semelhantemente, hoje, o mesmo acontece nos hemocentros por uma lei preconceituosa que proíbe um indivíduo com gênero sexual diferente, que tem uma vida volúpia ativa a não doar sangue, há não ser que o doador se dispôs a 12 meses sem ter um relacionamento sexual. Além disso, nos hospitais não há suprimento de sangue, visto que este regulamento que só opõe as pessoas por ser o que ela é, e não por o que ela faz, em síntese, o preconceito pelos homossexuais na doação de sangue.

Antes de tudo, Alan Mathison Turing, o matemático, criou uma máquina que impediu que milhões de americanos morresse na segunda guerra mundial, mas, se ele não tivesse criado o seu aparelho, o número de morte se estenderia e muitas gente não estaria viva, bem como, o Brasil tem impossibilitado que várias pessoas sejam ajudada, tudo pela uma revogação mal estruturada feita pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), ainda mais, esta condição proposta aos hemocentros é um preconceito do passado por pessoa gay ter sido mais exposto ao Hiv, hepatites e doenças sexuais, visto que, hoje, não só homossexuais que são vítimas, como também heterossexuais são submetido às mesmas afecção.

Ademais, o Instituto Brasileiro de Direito de família, divulgou que há falta de tipos sanguíneos, e que do tipo "O" (doador universal) está abaixo de 35% do ideal, porventura, se disponibilizasse para todos de forma igualitária a doarem esta porcentagem reduziria, haja vista que em meio a esta pandemia, a quantidade de cidadão doadores deveria aumentar, todavia, com segurança e todo o cuidado para não intensificar taxa de infectados pela Covid-19.

Em resumo, deve-se desconstruir esta revogação e deixarem esta comunidade doem. O ministério da saúde, junto com a Anvisa, deve propor aos hemocentros a fazerem exames de formas iguais para saber se os sangue de héteros e gays não estão infectado, e se, a patologia sanguínea para infecção der negativo e não tiver doença, pode-se dizer que este sangue está apto para ser doado, elevando as contas de hemolinfas nos bancos de sangue. Assim, diminuindo a preocupação de hospitais necessitados e propondo melhora.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A Questâo do

O Filme “O Gambito da Rainha”, conta a[…]

No livro "Vidas Secas", de Graciliano Ra[…]

Conforme a 4a Revolução Industrial, […]

Sua nota ficou 780, parabéns! Tente trazer […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM