• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por stephsani
Quantidade de postagens
#71419
De acordo com o artigo 3 da Constituição de 1988, é direito de todo cidadão a liberdade, independente de raça, etnia e região. Entretanto, essa liberdade encontra-se afetada, tendo em vista que parte da sociedade que foge da língua padrão, próxima àquela que é falada no centro-sul do país, sofre exclusão e represálias. Desse modo, medidas precisam ser tomadas a fim de atenuar essa problemática.

As variações linguísticas do português brasileiro são frutos do projeto de colonização do Brasil, devido a convivência de diferentes etnias. Diante dessa perspectiva, é evidente que a língua é um elemento de identidade cultural, estando em constante processo de adaptação e não podendo ser relativizada. No entanto, muitas pessoas entendem a linguagem formal como a única correta, menosprezando os que não sabem utilizá-la e ignorando assim, a construção da nação brasileira e as defasagens do sistema educacional do país.

Em consequência dos déficits no ensino público, as escolas acabam sendo as reprodutoras da desigualdade e preconceito, visto que os alunos que não se adequam à norma padrão do português escrito são, muitas das vezes, ridicularizados.

Sendo assim, se faz necessário erradicar essa problemática em uma das principais instituições sociais. Segundo o cientista contemporâneo Albert Einstein, é mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito enraizado. Portanto, a fim de desconstruir essa visão depreciativa que se tem sobre a língua, é de extrema importância que as escolas promovam o reconhecimento das variantes linguísticas do Brasil. Além do mais, as mídias devem promover um espaço de expressão sem inferiorizar nenhuma região, impulsionando o diálogo entre as diversidades.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 60

Você atingiu aproximadamente 30% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio insuficiente da modalidade escrita formal da língua portuguesa, com muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita. Seu texto apresenta estrutura sintática com certa organização, porém com muitos desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual, que comprometem a compreensão das ideias.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 40

Você atingiu aproximadamente 20% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante apresenta o assunto tangenciando o tema, ou demonstra domínio precário do texto dissertativo-argumentativo, com traços constantes de outros tipos textuais. Com essa pontuação, ou o texto tangencia a temática proposta, isto é, o assunto é mencionado por meio de palavras ou expressões, mas não é desenvolvido, ou se identificam muitas inadequações, com fragmentos de outros tipos textuais que não se configuram como argumentos, sinalizando desconhecimento da estrutura do texto dissertativo-argumentativo.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 40

Você atingiu aproximadamente 20% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. O texto não defende ponto de vista a respeito do tema proposto e/ou apresenta informações, fatos e opiniões pouco relacionados ao tema, superficiais ou incoerentes.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Avatar do usuário
Por maiconpgtu
Quantidade de postagens
#71441
De acordo com o artigo 3 da Constituição de 1988, é "direito de todo cidadão a liberdade, independente de raça, etnia e religião". Entretanto, essa liberdade encontra-se afetada [ QUAL SERIA ESSA LIBERDADE? O QUE CAUSOU ISSO? EXPLIQUE] , tendo em vista que parte da sociedade que foge da língua padrão, próxima àquela que é falada no centro-sul do país, sofre exclusão e represálias. Desse modo, medidas precisam ser tomadas a fim de atenuar essa problemática. [CADÊ SUA TESE QUE EXPLIQUE QUAIS SÃO AS DUAS PROBLEMÁTICAS QUE IRAM SER FALADA NO DESENVOLVIMENTO?]


  • :arrow: NÃO MOSTROU QUAIS SERIA AS DUAS PROBLEMÁTICAS A SER PAUTADA NO DESENVOLVIMENTO


[CONECTIVO] As variações linguísticas do português brasileiro são frutos do projeto de colonização do Brasil, devido a convivência de diferentes etnias. Diante dessa perspectiva, é evidente que a língua é um elemento de identidade cultural, estando em constante processo de adaptação e não podendo ser relativizada 1. No entanto, muitas pessoas entendem a linguagem formal como a única correta, menosprezando os que não sabem utilizá-la e ignorando << SEM SENTIDO >> assim, a construção da nação brasileira e as defasagens do sistema educacional do país.

:arrow: NÃO EXEMPLIFICOU SEU D.1
:arrow: NÃO DEU SEU DESFECHO NO D.1
:arrow: COMO JÁ DISSE, NÃO DEU SUAS DUAS PROBLEMÁTICAS NA TESE E ISSO FICARIA SEM NEXO
:arrow: NÃO ARREMATOU SEUS ARGUMENTOS 1


Em consequência dos déficits no ensino público, as escolas acabam sendo as reprodutoras da desigualdade e preconceito, visto que os alunos que não se adequam à norma padrão do português escrito são, muitas das vezes, ridicularizados.
  • :arrow: FALTOU LINHAS
    :arrow: NÃO EXEMPLIFICOU
    :arrow: NÃO FEZ SENTIDO COM O QUE SERIA FALADO
    :arrow: PRATICAMENTE SEU D.2 NÃO ESTÁ ADEQUADO

    :arrow: FALTA DE CONECTIVO INICIAL
Sendo assim, se faz necessário erradicar essa problemática em uma das principais instituições sociais [QUAIS? SE PERGUNTE} . Segundo o cientista contemporâneo Albert Einstein, é mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito enraizado {SEM NEXO E, POR QUE ESTÁ COLOCANDO OUTROS ARGUMENTOS, SE AQUI TEMOS A CONCLUSÃO? } . Portanto, a fim {EFEITO} de desconstruir essa visão depreciativa que se tem sobre a língua, é de extrema importância que as escolas promovam {MODO} o reconhecimento das variantes linguísticas do Brasil. Além do mais, as mídias {AGENTE} devem promover [AÇÃO] um espaço de expressão sem inferiorizar nenhuma região, impulsionando o diálogo entre as diversidades.
  • :arrow: VEJO QUE SABE FAZER UMA REDAÇÃO, PORÉM NÃO TEM CONHECIMENTO PRÉVIO DO QUE É CADA COISA A SE FALADA NA REDAÇÃO E SUA ESTRUTURA
    :arrow: NÃO ENCONTREI SEU DETALHAMENTO :|
    :arrow: :ugeek: RECOMENDO ESTUDE UM POUCO SOBRE REDAÇÃO ;)

Mascarenhas , Boa noite! Fiquei ausente da plata[…]

vitoriaca maiconpgtu hel0oooo oii,voc&ecir[…]

natymello10 , wagner123 , Escarlate , YsisDo[…]

O artigo 6º da Constituição Fed[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM