Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Por Rebequinha
#48688
De acordo com o artigo cinco da constituição de 1988, todos somos iguais perante a lei. De maneira análoga a isso, o preconceito linguístico está cada vez mais presente no Brasil. Nessa prisma, destacam–se dois aspectos importantes; A exclusão social das pessoas de diferentes regiões do Brasil e o bulling através das grandes mídias.

Em princípio, podemos destacar a exclusão social das pessoas de diferentes regiões do Brasil. Desse modo, muitas pessoas que acabam mudando de estado, infelizmente sofrem com o preconceito linguístico, por ilustração, as pessoas que moram no nordeste e acabam se mudando para o sudeste, infelizmente sofrem discriminação pelo seu modo de falar.

A posterior, é notório o bulling através das grandes mídias. Consoante a isso, o escritor Marcos Bagno, que menciona em sua obra; "O que é, como se faz", de 1999, que muitas novelas retratam pessoas de diferentes regiões do país, por exemplo os nordestinos, como pessoas atrasadas, rústicas, personagens feitos somente para o público rir. Sendo assim, essas pessoas não se sentem representadas nas novelas, pois seu modo de falar é distorcido para criar humor.

Portanto, fica evidente a necessidade de medidas que venham diminuir o preconceito linguístico. Por conseguinte, cabe ao ministério público da educação, juntamente com a secretária da cultura promover eventos nas escolas e nos canais de televisão programas que mostrem as diferentes culturas das diversas regiões do país, ensinando a população a respeitar essas culturas, assim respeitando a constituição.

Obrigada desde já a correção
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Avatar do usuário
Por AhNaoAna
#48709
De acordo com o artigo cinco da constituição de 1988, todos somos iguais perante a lei. De maneira análoga a isso, o preconceito linguístico está cada vez mais presente no Brasil. Nesse prisma, destacam–se dois aspectos importantes; a exclusão social das pessoas de diferentes regiões do Brasil e o bullying através das grandes mídias.

Em princípio, podemos destacar a exclusão social das pessoas de diferentes regiões do Brasil. Desse modo, muitas pessoas que acabam mudando de estado, infelizmente sofrem com o preconceito linguístico, por ilustração, as pessoas que moram no nordeste e acabam se mudando para o sudeste, infelizmente sofrem discriminação pelo seu modo de falar. Aqui, faltou o repertório para validar sua ideia.

A posterior, é notório o bullying através das grandes mídias. Consoante a isso, o escritor Marcos Bagno, que menciona em sua obra; "O que é, como se faz", de 1999, que muitas novelas retratam pessoas de diferentes regiões do país, por exemplo os nordestinos, como pessoas atrasadas, rústicas, personagens feitos somente para o público rir. Sendo assim, essas pessoas não se sentem representadas nas novelas, pois seu modo de falar é distorcido para criar humor. Já nesse parágrafo, a citação provou seu ponto, diferente do parágrafo anterior.

Portanto, fica evidente a necessidade de medidas que venham diminuir o preconceito linguístico (objetivo). Por conseguinte, cabe ao ministério público da educação (quem), juntamente com a secretária da cultura promover eventos(o que) nas escolas e nos canais de televisão programas(detalhamento) que mostrem as diferentes culturas das diversas regiões do país, ensinando (Cuidado com gerúndio. quem está ensinando?)a população a respeitar essas culturas, assim respeitando (respeitar, respeitando: eco) a constituição. Sua conclusão não tem meio/modo.

Essa segunda redação eu achei mais organizada, visualmente :D É um ótimo incentivo para a leitura.

Seu texto praticamente não tem erros de ortografia (C1)
Pelo projeto de texto mais deficiente, pois não provou o primeiro argumento com repertório, caiu um pouco na C2.
Na C3, o mesmo da C2. Com a falta do repertório, seu argumento fica fraco.
Excelente articulação na C4.
E a conclusão, incompleta porque faltou um item, então não fica com 200.

No demais, ótimo texto, parabéns!
Estou a disposição para responder qualquer pergunta ;)
Por Rebequinha
#48714
@AhNaoAna, Muito obrigada novamente pela correção. Uma dúvida, ali no (respeitar, respeitando: eco) seria pq eu repeti o verbo respeitar?
Eu não sabia que não podia usar gerúndio na redação, obrigada por avisar ♥️
Avatar do usuário
Por AhNaoAna
#48720
Sim, foram duas palavras de mesmo radical muito perto uma da outra (respeitar e respeitando). Você pode repetir paravras na redação, mas perto assim o ideal é usar algum sinônimo ;)
Avatar do usuário
Por AhNaoAna
#48721
E o gerúndio: você pode usar sim na redação, só que do jeito certo.

Alguns professores tiram ponto, outros não. Por garantia, tenta fazer assim:
Pensa comigo: ninguém começa uma redação dizendo "Analisou esse problema que afeta a sociedade...". Quem analisou? Essa frase PRECISA de sujeito.
Mas, muito alunos começam a redação dizendo "Analisando esse problema tá tá tá...". É a mesma situação, o verbo ainda precisa de sujeito! Mas o aluno não coloca, até por costume, porque nós falamos assim no dia a dia.

Então, o caso do gerúndio é que você pode usar, mas tem que ter um sujeito próximo e claro, para não haver confusão.

A constituição federal de 1988, docu[…]

Desde a terceira revolução industria[…]

A saúde mental é um fator de risco n[…]

No cenário atual encontra-se muitas pessoas[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM