Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Por BeatrizSena1
#36751
No período escravatorio, além de todo o preconceito racial, tinha-se também o linguístico por parte dos senhores portugueses. Imensurável problema tanto neste periodo histórico tanto na atualidade. Nem um "pré - conceito", é válido, é algo sem fundamento, vem do senso comum.
Com quanto, trás transtornos. Na escola, na rua, na praça, no trabalho e em muitos outros lugares o preconceito linguístico está presente. Gerando coisas horríveis aos praticantes e aos falantes.
Mais afirmo, que há impasses para resolver o problema,em muitos desses lugares o preconceito, não é percebido, ou não é considerado, muitos não o levam em conta. E é daí que muitas vezes para de ser um comentário e vem a ser uma humilhação. Como por exemplo, pessoas do Nordeste que veem pra SP trabalhar, sofrem nas ruas e princilpalmente em seu trabalho.
Portanto, medidas são necessárias para resolver o impasse. A providência social, deve criar uma campanha, campanha mensal, cartazes nas ruas, contra o preconceito linguístico que atinge muitas pessoas. Assim, a denúncia será constante, e este problema histórico que esta presente até hoje, será amenizado de alguma forma.


@Ashiley , peço que corrija.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 60

Você atingiu aproximadamente 30% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema recorrendo à cópia de trechos dos textos motivadores ou apresenta domínio insuficiente do texto dissertativo-argumentativo, não atendendo à estrutura com proposição, argumentação e conclusão, ou seja, com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido a partir de considerações próximas ao senso comum ou muito próximas do que foi proposto nos textos motivadores, sem progressividade, ou ainda o texto apresenta domínio precário do tipo textual exigido, com poucas características de uma dissertação, ainda que se reconheça o tema proposto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 80

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas desorganizados ou contraditórios e limitados aos argumentos dos textos motivadores apresentados na proposta de redação.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 40

Você atingiu aproximadamente 20% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante não articula as partes do texto ou as articula de forma precária e/ou inadequada, apresentando graves e frequentes desvios de coesão textual. Na redação enquadrada neste nível, há sérios problemas na articulação das ideias e na utilização de recursos coesivos: frases fragmentadas; frase sem oração principal; períodos muito longos sem o emprego dos conectores adequados; repetição desnecessária de palavras; não utilização de elementos que se refiram a termos que apareceram anteriormente no texto.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 40

Você atingiu aproximadamente 20% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante apresenta proposta de intervenção vaga, precária, frágil, superficial, ou relacionada apenas ao assunto, de forma tangencial ao tema, isto é, sem se ater ao recorte temático solicitado.

Avatar do usuário
Por Ashiley
#37933
@BeatrizSena1

Erros
Correção dos erros
Comentários

Introdução
No período escravatorio escravatório, além de todo o preconceito racial, tinha-se também o linguístico por parte dos senhores portugueses. Imensurável problema tanto neste periodo período histórico tanto na atualidade. Nem um "pré - conceito", é válido, é algo sem fundamento, vem do senso comum.
Sua introdução está desorganizada e não possui os elementos requisitados que são: estratégia de abertura (Primeiro período, onde você irá inserir um repertório relacionado ao tema), problematização (segundo período, onde você irá lincar com o repertório e dizer que o tema é um problema e situá-lo na atualidade), tese (terceiro e último período, onde irá dizer sua opinião do tema e citar as causas do problema ou causa e consequência). Note que sua intro não segue essa ordem e nem contém esses elementos!

Desenvolvimento 1
Com quanto Conquanto, trás transtornos. Na escola, na rua, na praça, no trabalho e em muitos outros lugares o preconceito linguístico está presente. Gerando coisas horríveis aos praticantes e aos falantes.
Use de início um conectivo como: primeiramente, em primeira análise... depois faça o tópico frasal que é uma breve apresentação do que você irá falar no decorrer do parágrafo, se sua causa 1 for sobre tal coisa, você irá desenvolvê-la aqui. Em outro período use um repertório e depois argumente... Note que seu parágrafo está muito curto, mal elaborado e desorganizado, além de possuir uma argumentação deficitária.

Desenvolvimento 2
Mais Mas afirmo, que há impasses para resolver o problema,em muitos desses lugares o preconceito, não é percebido, ou não é considerado, muitos não o levam em conta. E é daí que muitas vezes para de ser um comentário e vem a ser uma humilhação. Como por exemplo, pessoas do Nordeste que veem vêm pra SP para São Paulo trabalhar, sofrem nas ruas e princilpalmente principalmente em seu trabalho.
Não use "afirmo"! Seja impessoal. Não houve um conectivo de início, use como exemplo: ademais, em segunda análise, outrossim, além disso... faça o tópico frasal, insira o repertório e argumente. Esse segundo parágrafo de desenvolvimento no caso, seria para desenvolver o segundo argumento.

Conclusão
Portanto, medidas são necessárias para resolver o impasse. A providência previdência social (agente), deve criar uma campanha, campanha mensal, cartazes nas ruas, contra o preconceito linguístico que atinge muitas pessoas (ação). Assim, a denúncia será constante, e este problema histórico que esta está presente até hoje, será amenizado de alguma forma (efeito/finalidade).
Sua proposta de intervenção está incompleta, pois falta o meio/modo e o detalhamento, portanto 120 na C5!

Melhore nesses pontos citados. Espero pela sua próxima redação!

Atualmente, com o avanço do capitalismo, &e[…]

Depressão No Brasil.

No cenário social vigente, os caminhos para[…]

A homofobia no cenário escolar

A palavra homofobia significa a repulsa ou o preco[…]

Segundo o filósofo Sócrates, os erro[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM