Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por mandy13
#37910
No período da Roma Antiga, os romanos costumavam chamar, de maneira pejorativa, de Bárbaros qualquer um que não falasse sua língua, o latim. De maneira análoga, atualmente é possível enxergar também o preconceito linguístico em terras brasileiras. Tal problema apresenta persistentes agravantes: o silenciamento por parte da sociedade e mídia e a ignorância dos brasileiros quanto a diversidade linguística que há no país.

Em primeiro plano, é preciso observar a problemática de poucos falarem a respeito do tema. Segundo o sociólogo brasileiro Bentinho, "só a participação cidadã é capaz de mudar o mundo". Logo, se não houver uma manifestação para discussão do problema ele não será resolvido tão cedo.

Em segundo plano, o problema também encontra terra fértil na falta de conhecimento e respeito do povo brasileiro quanto a pluralidade do português falado no país. De acordo com a constituição brasileira de 1988, deve-se promover o bem de todos, não discriminando de forma alguma as pessoas por qualquer razão que seja. Contudo, a realidade cotidiana não parece seguir tal máxima, fato constatado ao ver a constante persistência da discriminação linguística.

Portanto, são necessárias medidas do Estado para amenizar o problema. O MEC, então, deve criar a campanha #RespeitoParaTodos, onde, por meio de docentes, serão são abordadas e discutidas nas escolas questões sobre o preconceito linguístico e a importância do respeito. Ademais, deverão passar propagandas condenando esse tipo de discriminação na televisão. Assim, atitudes como a dos antigos romanos quanto a pluralidade linguística não serão mais uma realidade futuramente no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Privatização do SUS

O filósofo francês Sartre defende que[…]

Segundo dados do Ministério da Saúde[…]

Taissa19 , claroo :D De acordo com o Artigo 1&[…]

Estética e Saúde

A busca pelo corpo perfeito é um ideal que […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM