Avatar do usuário
Por Camilaaaaaaa
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#126635
No livro "O Cortiço", de Aluízio de Azevedo, são apresentados cenários onde a mulher é designada a trabalhos somente domésticos e à criação de suas filhas. Nessa perspectiva, fora das páginas de ficção, na realidade o mesmo acontece, visto que há desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado feito pela mulher, no Brasil, decorrente da ineficácia estatal e da discriminação de gênero.
Em primeira análise, é de suma necessidade destacar que um dos principais propulsores para a negligenciação do ofício efetuado por indivíduos do gênero feminino, relacionado ao cuidado do lar (idoso e/ou crianças), é a ineficiência governamental. Sob tal ótica, o filósofo contratualista Thomas Hobbes, afirma que o Estado é o responsável por garantir e assegurar o bem-estar a todos os cidadãos. Desse modo, é notório que tais constatações não se aplicam legitimamente em âmbito nacional, visto que o Governo não busca meios para dar visibilidade a este serviço, tanto que não é considerado oficialmente como profissão, consequentemente não tendo carteira registrada. Assim, tal ineficácia gera infortúnios para mitigar o óbice.
Ademais, é indispensável ressaltar que a discriminação de gênero impacta negativamente, para que as mulheres que possuem ofício como cuidadoras, sejam de fato prestigiadas. Sendo assim, artigos da Constituição Federal de 1988, garantem que todos os indivíduos devam ter direitos igualitários, perante a lei. Consoante a isso, é observável que o fragmento não é devidamente implementado no meio social, entre os brasileiros, por haver ainda a persistência do pensamento patriarcal, onde o homem é considerado "superior" a mulher, fomentando a lacuna da desigualdade salarial (o homem ganha mais, mesmo que ambos efetuem mesma função), gerando impecilhos.
Portanto, para haver o desenvolvimento do país, urge a necessidade da criação de projetos como: palestras e debates, direcionados às redes públicas e privadas, por meio do Corpo Docente das instituições, com desígnio de apresentar/buscar meios para combater os desafios do enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado feito pela mulher. Tais ações, devem ser efetuadas pelo Estado, órgão responsável por promover o bem-estar social. Somente assim, os cenários não irão se assemelhar aos do livro "O Cortiço".
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
45 Exibições
por Leticia1999
1 Respostas 
64 Exibições
por eueu2023
0 Respostas 
29 Exibições
por jopprata
1 Respostas 
177 Exibições
por rosxri0
0 Respostas 
42 Exibições
por Eutat
0 Respostas 
128 Exibições
por Howell
1 Respostas 
71 Exibições
por Howell
0 Respostas 
86 Exibições
por gessicariewe
0 Respostas 
69 Exibições
por gessicariewe
2 Respostas 
1168 Exibições
por vertinho

Felipe082 Maxy Alunaaaamed Casey12 Ol[…]

Na redação acabei escrevendo uma fra[…]

Originado pela necessidade constitucional de admin[…]

Alimentação Saudável é[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM