Avatar do usuário
Por PedroVido
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#111318
Promulgada em 1988, a constituição federal vigente assegura direitos fundamentais para a democracia e vida digna de seus cidadãos. Porém a violência financeira contra idosos, e suas consequência, como a alta exploração por falta de informação, interferem no sistema harmônico do Estado brasileiro. Dessa forma, para mediar conjunturas, é imprescindível enunciar os pilares da adversidade: o fator social e a ineficácia governamental.
Diante desse cenário, é preciso explorar o quesito sociocultural e suas implicações na temática. De acordo com Pierre Bourdieu, “não há democracia efetiva sem um verdadeiro crítico”. Sob tal perspectiva, no Brasil, a passividade na reflexão crítica do brasiliano sobre a alta violência financeira contra idosos destoa do progresso bourdieuseano e, com efeito, forma cidadãos sem interesse em resolver a matriz do imbróglio. Consequentemente, essa ausência de autocritica funciona como base para a intensificação dessa violência, fato que viola, novamente, a CF. Destarte, analisar criticamente as relações socias de um povo é essencial para dirimir o revés.
Ademais, convém destacar as falhas estatais. A esse respeito, Jonhn Rawls, na teoria do Pacto Social, enfatizou o Estado como mantenedor do bem-estar coletivo. Contudo, os impactos psicológicos causados contrastam a tese do autor, uma vez que o governo do Brasil parece não se preocupar com o enredo, tendo em vista a falta de políticas públicas. Com isso, é inadmissível a inoperância das esferas de poder no que tange à mitigação do viés.
Portanto, entende-se que a violência financeira contra idosos é um obstáculo intrínseco de raízes culturais e governamentais. Logo o Ministério das Comunicações, por intermédio da coparticipação de programas midiáticos de alta audiência, deve discutir e elucidar o assunto, com o objetivo de mostrar as principais sequelas do problema e, de forma detalhada, esse órgão vai convidar o Ministro da economia para apresentar uma visão crítica e orientar os espectadores a respeito do impasse discutido. Feitos esses pontos, com a criticidade proposta por Bourdieu e o Pacto Social de Rawls, a sociedade brasileira terá uma vida digna, como prevê a Constituição federal.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
65 Exibições
por Naiane07
Violência contra os idosos no Brasil
por Layoliveira    - In: Outros temas
0 Respostas 
152 Exibições
por Layoliveira
2 Respostas 
195 Exibições
por OlrenBeat
0 Respostas 
49 Exibições
por Lucasq
1 Respostas 
87 Exibições
por Ylannax
2 Respostas 
136 Exibições
por lais458
0 Respostas 
65 Exibições
por blaudt
0 Respostas 
123 Exibições
por Ana22082005
0 Respostas 
74 Exibições
por imilly
0 Respostas 
53 Exibições
por NickBu

O brasileiro muitas vezes não tem a oportun[…]

Insegurança alimentar no Brasil

Conforme o artigo 25 da Declaração U[…]

De acordo com o documentário "O di[…]

Filantropia

Filantropia é o termo usado para designar a[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM