Avatar do usuário
Por raissad
Quantidade de postagens
#123128
No ano de 2020, a jovem Isabela Ramos foi brutalmente assassinada a tiros por sua amiga, a qual fazia parte dos CACs ( caçadores, atiradores e colecionadores), assim, possibilitando á aquisição da arma do crime. Vale ressaltar, que este não é um caso isolado, vem sendo crescente nos últimos anos em razão da flexibilização da posse de arma de fogo no Brasil. Nesse sentido, convém salientar: os limites da liberdade e a democratização da posse de arma.

Em princípio, o direito á liberdade é garantido pela Constituição, entretanto, a liberdade de um cidadão desarmado se torna limitada ao coincidir com a de um cidadão armado, cuja força e intimidação são imensamente maiores, em um cenário de conflito, por exemplo. Além disso, dados computados pela PF ( Polícia Federal ) concluiram que entre 2017 e 2020, o número de civís armados mais que dobrou, ultrapassando o um milhão e duzentos mil. Ademais, com esses números alarmantes, é notório que medidas há de serem feitas pelo Estado, para o bem comum da população.

Outrossim, se torna imprescindível falar sobre a democratização da posse de arma de fogo no país. Pois, atualmente o Brasil ocupa a 8º posição no ranking mundial de desigualdade social, no qual isso comprova que uma parcela razoável de brasileiros não iriam ter acesso as armas de fogo com poder de compra, em razão dos custos diretos e indiretos, beirando os 4 mil reais, segundo o IG Economia. Com isso, se torna evidente a expressiva vulnerabilidade que as classes mais baixas enfrentariam com a aquisição de armas ainda mais flexibilizada. Do mesmo modo, esses mesmos indivíduos fragilizados da sociedade, alimentados pelo sentimento de injustiça, migrariam para a compra ilegal, ramificando ainda mais a problematica.

Logo, se torna inegável a discrepância para a posse de arma de fogo, nos dois mundos que habitam no Brasil. Portanto, cabe ao Estado - cuja função é manter a harmonia social do país - pelo representante, o Senado Federal, desenvolver leis mais severas por meio de votações dos senadores para promover a restrição da posse de arma de fogo. Assim, provocando que menos " Isabela's" sejam assassinadas.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido

A Constituição Federal de 1988 assegura a todos os[…]

O artigo 4 da Declaração Universal dos Direitos Hu[…]

alguém poderia por favor corrigi-la? @Lauany25 @M[…]

O programa televisivo "Catalendas" con[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!