Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por GabiKriza
#40576
Apesar de consoante a Declaração Universal dos Direitos Humanos afirmar que toda pessoa tem direito à vida, como também à segurança pessoal, comumente se polemiza sobre o porte e posse de armas no Brasil.
Após a criação das primeiras armas de fogo, por volta do século 9, na China, e por conseguinte com o seu advento, o objeto passou a se assimilar como revolucionário e fonte de proteção. É indubitável que armas de fogo auxiliaram na segurança, todavia seus detrimentos abrangeram maiores consequências, por exemplo, no caso de Maria da Penha, no qual seu marido tentou assassina-lá com uma espingarda, e posteriormente eletrocutá-la. Ainda que ela tenha conseguido escapar da morte, tornou-se paraplégica e com sequelas inesquecíveis. Todavia, é um modelo de superação e coragem para muitas mulheres. Do mesmo modo que conflitos domésticos são habituais, há inúmeras brigas de trânsito, como também em estádios de futebol, que com o usufruto de uma arma acarretaria maior violência.
Consoante a dados do Departamento de Justiça, entre os anos de 2000 e 2011, nos Estados Unidos, o número de óbitos em incidentes com armas de fogo foi 40 vezes maior que em ataques terroristas. Em contraponto ao delírio e ilusão de alguns brasileiros, que creem que países com porte de arma são mais desenvolvidos e seguros.
Em suma, urge a atuação do Ministério da Segurança Pública, em sinergia com o Ministério da Defesa, promovendo maior fiscalização e repreensão em fronteiras contra a entrada de armas ilegais, para que assim o índice de violência diminua. Outrossim, é dever do estado aumentar o número de policiais nas ruas, como também oferecer treinamento adequado à esses profissionais, pois eles são responsáveis pela proteção da população.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Com a chegada das novas tecnologias ao mundo moder[…]

A série estadunidense Grey’s Anatomy […]

Em um episódio da série Grey's Anato[…]

Muito obrigado pela correção e dicas[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM