• Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por andrenaa
#75975
A Constituação Federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevê em seu artigo 6, o direito a moradia como inerente a todo cidadão brasileiro. Coquanto tal perrogativa não tem se reverberado com ênfase na prática quando se observa a população em situação de rua, dificultando, deste modo, a universalização desse direito social tão importante. Diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa a análise dos fatores que favorecem esse quadro.
Em uma primeira análise, deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater a situação das pessoas que se encontram na rua. Nesse sentido grande parte delas carecem de recursos para garantir sua residência. Essa conjuntura segundo ideias do filosófo contratualista John Locke, configura-se como uma violação do "contrato social", já que o Estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis, como a moradia, o que infelizmente é evidente no país.
Somado a isso, a falta de incentivo do governo pela população, dificulta na execução de melhorias para redução da quantidade de sem teto. Segundo o jornalista irlandês, George Bernad Shaw: "o progresso é impossível sem mudanças." Analogamente, reivindicações da sociedade para democratização do direito a moradia são necessárias para realização de mudanças nessa área.
Depreende-se, portanto, a necessidade de se combater esses obstáculos. Para isso, é imprescindível que o governo, por intermédio de programas sociais, realize ações que favoreçam a redução dos menos afortunados. Paralelamente, é imperativo que a população, por meio de abaixo-assinados revindique esse direito. Assim se consolidará uma sociedade mais condizente, onde o Estado desempenha corretamente seu "contrato social", tal como afirma John Locke.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Tudo bem, obrigada mais uma vez :D

Segundo o artigo 215 da Constituição[…]

2021 tem sido um ano particularmente marcante par[…]

Introdução Na cultura japonesa, o […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM