Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#42263
As Revoluções Industriais que ocorrem a partir do século XIX trouxeram muitos adventos facilitadores para a sociedade, mas, apesar disso, tais avanços industriais e tecnológicos não vieram aliados à preservação ambiental. Nesse contexto, vê-se, atualmente, diversas problemáticas advindas do excessivo descarte de gases poluentes pelas indústrias e carros, por exemplo, como as enfermidades respiratórias e a degradação do meio ambiente. Dessa forma, infere-se que a gênese inegável desse quadro se encontra no crescente discurso de negacionismo científico. Assim, cabe averiguar como a mídia hegemônica e a negligência do Estado contribuem para a permanência desse panorama.
Primeiramente, é imperativo salientar que os meios midiáticos predominantes, conjuntamente à uma crescente negação da ciência, alicerçam a persistência da poluição do ar. Isso ocorre pois a mídia hegemônica atual tem seus interesses, em sua maioria, pautados no lucro e, assim, não divulgam pesquisas científicas que defendem e trazem soluções para um desenvolvimento sustentável já que, muitas vezes, essas pesquisas não têm apoio financeiro para essa exposição midiática. Esse pensamento está análogo ao que defendeu o filósofo Habermas, para quem a linguagem é uma verdadeira forma de ação, visto que os meios midiáticos deveriam usar esse recurso, juntamente com seu alcance, para disseminar os malefícios de uma intensa poluição do ar pode acarretar, como problemas de saúde, e os diversos benefícios da sustentabilidade para toda a população.
Além disso, vale ressaltar que a displicência governamental, aliada ao negacionismo científico, sustenta a manutenção da poluição atmosférica. Isso acontece porque grande parte dos governantes não refletem sobre os males causados por um desenvolvimento industrial e tecnológico não sustentável, e acabam optar por ações imediatistas que, em sua maioria, agravam as emissões de poluentes no ar. Essa analogia está em paralelo ao pensamento de Thomas Hobbes, defensor de que o Estado deve garantir o bem-estar da sociedade, uma vez que, nessa conjuntura, o Governo não está cumprindo seu papel frente à população, já que ao não combater essa poluição atmosférica, o bem-estar do povo não está garantido, dado que sua saúde está em risco.
Compreende-se, portanto, que o negacionismo científico é a origem desse quadro alarmante de poluição do ar. Desse modo, cabe ao Ministério do Meio Ambiente, juntamente com o da Saúde, pressionar o Governo Federal para criar, por meio de um decreto presidencial, um plano nacional de incentivo à ciência, que irá difundir a importância da ciência e do desenvolvimento sustentável, através dos meios midiáticos, que terão que incluir semanalmente em seus horários nobres alguma pesquisa científica, com a finalidade de aproximar a ciência da população. Ademais, esse plano colocará como matéria obrigatória no ensino formal o estudo e desenvolvimento de ações sustentáveis para que, assim, o desenvolvimento e a sustentabilidade possam se alinhar.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

FujiEmily , obrigadaa! Força para nó[…]

Segundo jean-paul Sartre "A violência, […]

Sua nota ficou 580! Espero ter ajudado! ;) Ach[…]

3m1ly , obrigada pela correção, me […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM