Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#49702
Brás Cubas, o defunto-autor, de Machado de Assis, em seu livro “Memórias Póstumas” diz que não teve filhos de modo a não transmitir a nenhuma criatura o legado da miséria humana. Esse pensamento literário é coerente quando se trata da polarização e do discurso de ódio na atual realidade brasileira, que possui a discriminação ainda presente na sociedade. Diante dessa perspectiva, faz-se indispensável a análise dos fatores que favorecem seu quadro.
Primeiramente, é importante reconhecer que a má utilização das mídias sociais é um empecilho no combate a discriminaçãom, mesmo sabendo dos benefícios que proporciona aos indivíduos. Nesse sentido, o sociólogo Pierre Bourdieu afirma que, o que foi criado como instrumento de democracia, não deve ser convertido em mecanismo de opressão. Porém, na atual conjuntura, grupos usufruem do suposto anonimato e extrapolam a liberdade que possuem para infringir os direitos dos demais cidadãos, por meio de comportamentos inadequados.
Ademais, deve-se apontar que a educação deficitária é um impulsionador desta situação. De acordo com o filósofo Kant, o homem é aquilo que a educação faz dele, esta forma, a carência de conhecimento se torna um desafio para a sociedade, já que o indivíduo apresenta uma lenta mudança de mentalidade, mantendo um pensamento obsoleto. Tal fato contribui para a disseminação do racismo, da homofobia, da xenofobia, do preconceito religioso e social.
Portanto, é pertinente que medidas sejam tomadas para que haja uma erradicação desse problema social. Posto isso, as câmaras municipais juntamente às instituições de ensino devem promover debates, através de seminários ou palestras com especialistas, para que se possa debater sobre a importância da responsabilidade no uso da internet, direcionados principalmente para os alunos, mas abertos para toda a comunidade. Para que, em virtude disso, os próximos adultos possam deixar essa questão discriminatória de lado e, assim, Brás Cubas possa cogitar mudar de ideia sobre não ter filhos.[/list][/list]
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

joanavitoria Hellidy Se vocês poderem […]

Atualmente, as doenças mentais tem sido um […]

De acordo com o filósofo Sun Tizu - Tratar […]

Desde o iluminismo, entende-se que uma sociedade s[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM