Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#56921
Em 1807, as funções de registro no Brasil eram da Igreja Católica, mas por conta da abertura dos portos, muitas pessoas de diversas culturas e religiões imigraram para aqui, e já que o registro era somente para católicos, eles não puderam se registrar. Desde essa época, o sistema de registro no Brasil é falho, e como no passado, não abrange toda a população. Brasileiros que não têm esse tipo de documentos acabam ficando sem seus direitos de nascença, portanto a falta de documentação no Brasil é um problema a ser resolvido.
Pessoas nessa condição não podem ter bens no próprio nome, não têm acesso ao SUS, não podem ter sua carteira de trabalho assinada, se alistar ao exército brasileiro e nem mesmo ter seus nomes na certidão de nascimento de um filho. Esses brasileiros normalmente têm muitos problemas ao longo da vida, e logo no começo dela, já vemos um dos principais: nenhum deles tem direito a educação. Como disse Immanuel Kant, “o ser humano é aquilo que a educação faz dele”, e sem ela o progresso é quase que inalcançável.
Na última década, o país conseguiu reduzir a taxa de pessoas sem documentos pessoais em quase 20%, mas mesmo assim, por conta da dificuldade de um brasileiro se registrar após a idade adulta, esse índice ainda é muito alto. Muitas das pessoas que são abandonadas em portas de casas pelos pais quando bebês, não são registradas no cartório, e ficam sem data de nascimento e nome oficial.
Dito isso, é imprescindível que medidas sejam tomadas para resolver essa questão. Cabe ao Ministério da Educação criar medidas como mudar regras e requisitos ou abrir exceções, para que crianças sem documentos tenham acesso à educação, fator importante e decisivo no futuro delas e do país. O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome também deve criar uma lei, para que brasileiros sem registro não tenham condições de vida piores. E claro, o Cartório de Registro Civil tem de tomar medidas cabíveis para facilitar a documentação de pessoas após a maioridade, tornando o processo um pouco mais rápido e reduzindo as taxas de pessoas sem documentos no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 133

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 147

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 133

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 133

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

#58205
Em 1807, as funções de registro no Brasil eram da Igreja Católica, mas por conta da abertura dos portos, muitas pessoas de diversas culturas e religiões imigraram para aqui < ser mais formal] , e < evite vírgula + e] já que o registro era somente para católicos, eles não puderam se registrar. Desde essa época, o sistema de registro no Brasil é falho, e como no passado, não abrange toda a população. [faltou conectivo] Brasileiros que não têm esse tipo de documentos acabam ficando sem seus direitos de nascença, portanto a falta de documentação no Brasil é um problema a ser resolvido.

[faltou conectivo] Pessoas nessa condição < qual?] não podem ter bens no próprio nome, não têm acesso ao SUS, não podem ter sua carteira de trabalho assinada, se alistar ao exército brasileiro e nem mesmo ter seus nomes na certidão de nascimento de um filho. Esses brasileiros normalmente têm muitos problemas ao longo da vida, e logo no começo dela, já vemos [não pode usar 1ª pessoa] um dos principais: nenhum deles tem direito a educação. Como disse Immanuel Kant, “o ser humano é aquilo que a educação faz dele”, e sem ela o progresso é quase que inalcançável.

[faltou conectivo] Na última década, o país conseguiu reduzir a taxa de pessoas sem documentos pessoais em quase 20%, mas mesmo assim, por conta da dificuldade de um brasileiro se registrar após a idade adulta, esse índice ainda é muito alto < tirou esse dado de onde?]. [faltou conectivo] Muitas das pessoas que são abandonadas em portas de casas pelos pais quando bebês, não são registradas no cartório, e ficam sem data de nascimento e nome oficial.
* Estrutura do desenvolvimento: CONECTIVO + APRESENTAÇÃO DO ARGUMENTO + CONECTIVO + REPERTÓRIO QUE VAI COMPROVAR SEU ARGUMENTO + CONECTIVO + ARGUMENTAÇÃO IMPESSOAL + CONECTIVO + ARREMATAÇÃO PARA FINALIZAR SEU RACIOCÍNIO

[faltou conectivo] Dito isso, é imprescindível que medidas sejam tomadas para resolver essa questão. [faltou conectivo] Cabe ao Ministério da Educação criar medidas como mudar regras e requisitos ou abrir exceções, para que crianças sem documentos tenham acesso à educação, fator importante e decisivo no futuro delas e do país. [faltou conectivo] O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome também deve criar uma lei, para que brasileiros sem registro não tenham condições de vida piores. E claro, o Cartório de Registro Civil tem de tomar medidas cabíveis para facilitar a documentação de pessoas após a maioridade, tornando o processo um pouco mais rápido e reduzindo as taxas de pessoas sem documentos no Brasil.
* Apresentou várias soluções e nenhuma completa com os elementos: AGENTE + AÇÃO + MEIO + FINALIDADE + DETALHAMENTO

Espero ter ajudado! :D

Segundo o grande líder do movimento dos dir[…]

A declaração universal dos direitos […]

Desigualdade social

Delys , com certeza❤ se precisar pode chamar.

A chamada Geração Z formada pelos jo[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM