Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#50835
Segundo o sociólogo e filósofo polonês Zygmunt Bauman, a modernidade líquida nos dá uma sensação de fracasso por tanta fragmentação. Nesse sentido, na atual realidade brasileira, em meio a uma pandemia, a vida de todos foi transformada, muitos se sentiram perdidos em várias questões sociais, muitos perderam seus entes queridos ou seus bens materiais. Além disso, a dúvida de como será a vida e o comportamento social pós-pandemia ainda preocupa muitas pessoas. Isso ocorre em virtude da falta de planejamento e da questão socioeconômica.

A princípio, é importante ressaltar que o problema ocorreu principalmente pela falta de elaboração de um plano, tanto pelo governo, quanto pelos cidadãos. Por conseguinte, tal perspectiva se aproxima da Teoria do Fato Social do sociólogo Émile Durkheim, ao dizer que os indivíduos necessitam sentir-se seguros, regidos e amparados por instituições sociais. Uma vez que se pode comparar inicialmente ao mal planejamento do Estado, visto que o perigo da aproximação do covid-19 ao país era eminente, o que acarretou ao despreparo da população, a falta de cuidados necessários com a saúde e ao grande aumento de doenças mentais. Dessa maneira, o período pós-pandemia se torna incerto, muitas coisas ainda estão em constante mudança desde as medidas de afastamento, sejam as relações sociais, as perspectivas de saúde, financeiras e de educação.

Ademais, outra causa preponderante para a perspectiva do comportamento social no período pós-pandemia é o fator socioeconômico. De acordo com o site Mente Saudável, em torno de 70% das pessoas temem o desemprego e a segurança de amigos e familiares. Porquanto o Brasil e várias partes do mundo enfrentam crises no sistema de saúde e econômico. Em consequência, além das mortes, diversas pessoas perderam seus empregos e negócios, devido à falta de vendas e a desvalorização de muitos produtos, além do corte de custos de muitas famílias que sobreviveram sobretudo do auxílio emergencial oferecido pelo governo ou se reinventarão no mercado de trabalho, por intermédio das vendas no meio digital. Entretanto, para muitos as dificuldades financeiras ainda são significativas, o que elevou a pobreza e a miséria presente no país.

Depreende-se, portanto, que medidas necessitam ser tomadas para garantir uma melhora social. Dessa forma, é imprescindível que cada indivíduo mude as perspectivas sobre o futuro de acordo com sua situação atual, pois o fim da pandemia ou a cura é algo incerto, por meio da procura de novas oportunidades, como a tecnologia, que trouxe rendimento e comunicação em uma realidade em que sair de casa não é recomendado. Afim de que o medo do comportamento brasileiro pós-pandemia não impeça os indivíduos de viverem suas vidas ou de realizar seus projetos. Dessa maneira, a ideia de fracasso citada por Bauman não será um problema.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#50857
@Clara0109

Segundo o sociólogo e filósofo polonês Zygmunt Bauman, a mModernidade lLíquida nos (não use primeira pessoa. Seja impessoal) dá uma sensação de fracasso por tanta fragmentação. Nesse sentido, na atual realidade brasileira, em meio a uma pandemia, a vida de todos foi transformada, muitos se sentiram perdidos em várias questões sociais, muitos perderam seus entes queridos ou seus bens materiais (Por que bens materiais?). Além disso, a dúvida de como será a vida e o comportamento social pós-pandemia ainda preocupa muitas pessoas. Isso ocorre em virtude da falta de planejamento e da questão socioeconômica.
Boa introdução!

A princípio, é importante ressaltar que o problema ocorreu ocorre principalmente pela falta de elaboração de um plano, tanto pelo governo, quanto pelos cidadãos. Por conseguinte, tal perspectiva se aproxima da Teoria do Fato Social do sociólogo Émile Durkheim, ao dizer que os indivíduos necessitam sentir-se seguros, regidos e amparados por instituições sociais. (Truncamento) Uma vez que se pode comparar inicialmente ao mal planejamento do Estado, visto que o perigo da aproximação do da cCovid-19 ao país era eminente, o que acarretou ao despreparo da população, a falta de cuidados necessários com a saúde e ao grande aumento de doenças mentais. Dessa maneira, o período pós-pandemia se torna incerto, muitas coisas ainda estão em constante mudança desde as medidas de afastamento, sejam as relações sociais, as perspectivas de saúde, sejam (use os conectivos que pedem pares. Ex: sejam, sejam) financeiras e de educação.
Bom desenvolvimento, mas cuidado com truncamentos, ou seja, ponto onde deveria haver vírgula.

Ademais, outra causa preponderante para a perspectiva do comportamento social no período pós-pandemia é o fator socioeconômico. De acordo com o site Mente Saudável, em torno de 70% das pessoas temem o desemprego e a segurança de amigos e familiares. Porquanto, o Brasil e várias partes do mundo enfrentam crises no sistema de saúde e econômico economia. Em consequência, além das mortes, diversas pessoas perderam seus empregos e negócios, devido à falta de vendas e a desvalorização de muitos produtos, além do corte de custos de muitas famílias que sobreviveram sobretudo do auxílio emergencial oferecido pelo governo ou se reinventarão reinventaram no mercado de trabalho, por intermédio das vendas no meio digital. Entretanto, para muitos as dificuldades financeiras ainda são significativas, o que elevou a pobreza e a miséria presente no país.
Bom desenvolvimento também, nada a dizer!

Depreende-se, portanto, que medidas necessitam ser tomadas para garantir uma melhora social. Dessa forma, é imprescindível que cada indivíduo (agente) mude as perspectivas sobre o futuro de acordo com sua situação atual, pois o fim da pandemia ou a cura é algo incerto (ação), por meio da procura de novas oportunidades, como a tecnologia, que trouxe rendimento e comunicação em uma realidade em que sair de casa não é recomendado (meio/modo). (Truncamento) Afim A fim de que o medo do comportamento brasileiro pós-pandemia não impeça os indivíduos de viverem suas vidas ou de realizar seus projetos (efeito/finalidade). Dessa maneira, a ideia de fracasso citada por Bauman não será um problema.
Sua proposta parece não deixar claro o detalha mento, então dê maior atenção a isso. Cuidado com truncamentos também...

Seu texto está bom, cuidado apenas com esses errinhos que mostrei. Bom Enem!

No caso da conclusão a finalidade e o detal[…]

alguém pode me enviar a foto da folha de re[…]

Na Segunda Guerra Mundial, durante o períod[…]

O processo da Globalização foi marca[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM