Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#42975
As mulheres são as principais vítimas de relacionamentos abusivos no Brasil. Não obstante, nossa cultura, através de artigos de consumo costuma naturalizar o abuso de forma poética e romantizada, negligenciando seu caráter destrutivo e tornando sexy e desejável.nNa série Norte-Americana "You" o gerente da livraria Joe Golgberg fantasia obsessiva mente a personagem Back, onde no decorrer da trama, conquista a garota, revelando seu lado obscuro e sombrio, trilhando o caminho do casal com desculpas que ele seria o melhor para ela, maximizando seu poder e conduzindo o desfecho trágico na primeira temporada, Back fora assassinada. Nessa pespectiva, à ficção se iguala a realidade, ressaltando o despreparo de ações comportamentais a mulher no século XXI. Nesse prisma, cabe analisar o aspecto governamental e social que envolve essa questão no país.
Efetivamente, é viável ponderar que relacionamos abusivos insistem em " maquiar" o processo " homem-muher-sociedade, de modo primórdio, a excessividade do poder dominante masculino, expôs ao Estado uma forma de expressão aceita. Desse modo, na contemporaneidade, a hierarquia do sexo impôs pensamentos atemporais às relações e paradigmas do que seria considerado abuso.Sob esse viés, o filósofo Hieraclito de Éfeso, escreveu " nada é permanente, exceto a mudança", reforçando a idéia comportamental para implementação de ações efetivas.
Ademais, o governo tem se mostrado imparcial ao permitir que relacionamos abusivos aumentem no decorrer do tempo. Isso ocorre diante da negligência em relação à assistência de mulheres agredidas, embora a lei n° 11.340 de 2006, conhecida popularmente como " Lei Maria da Penha" tenha ganho força a injustiça, o Estado ainda apresenta proposta insolúvel para soluções a curto prazo, impactando diretamente na segurança individual das agredidas, arquivando casos, expondo a vítima ao despreparo do Poder legislativo, tendo em vista que 70% do feminicídio no Brasil ocorra pelo parceiro.
Fica evidente, portanto, que o direito assegurado na Constituição de 1988, seja imposto com maiores ações inteligentes pelo Estado, pelo intermédio de condutas sócio-carcerária severas como percas patrimoniais e altas multas. Dessa forma, a segurança da mulher terá seu direito preservado e a modernização da sociedade menos impactada, não naturalizando ações abusivas como gatilho para questões sociais do país.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Olá, ahyesterday . Boa noite. Corrigirei s[…]

Mensagem

Toda hora eu recebo uma mensagem para avaliar a pl[…]

Olá, MatheusM33 . Você me marcou em […]

A declaração Universal dos Direitos […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM