Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por marllonsxhun
Quantidade de postagens
#59895
O livro "Alice no Espelho", de Laura Bergalho, retrata uma história de uma menina chamada Alice, ela vivia com sua mãe, que todo dia fazia academia, para sempre estar bela e com o corpo perfeito. Alice tinha o sonho de parecer com Mirna Lee, uma modelo toda encaixada nos padrões da beleza. Alice sofreu de anorexia e bulimia, por desejar se assemelhar a modelo. Apesar de ficcional, a obra ilustra o hodierno cenário brasileiro, do perverso julgamento das pessoas. Salienta-se que, assim como na obra, esse impasse surge a partir do medo do julgamento negativo da sociedade, buscando parecer com quem já foi aprovado e as redes sociais, também, tem grande colaboração com a causa deste problema.
Em primeiro plano, vale ressaltar a grande participação das redes sociais nesse cenário. A filósofa Simone Beauvoir, afirmou que " Os mais escandalosos dos escândalos é que nos habituamos a eles". Desse modo, as redes sociais , como o Instagram, uma plataforma de fotos de usuários, auxilia os indivíduos habituar com padrões, por meio de filtros, faz os usuários parecerem uniforme, bem como a comparação de indivíduos que fazem uso da internet com seus ídolos, recorrendo as plásticas, assim sendo mais cotidiano nas redes sociais usuários que se assemelham, por usar filtros que os deixam "belos". Entretanto, quem não entra nesses padrões é visto como "feio", agravando em severas doenças, assim como na obra "Alice no Espelho", à anorexia e bulimia, doenças essas sem cura, que requer uma série de tratamentos, essas doenças aparecem quando pessoas que não entram nos padrões impostos, buscam entrar, elas param de comer, quando comem ingerem remédios para vomitar a comida, passam a ser tão magras, que começam a ser ver gordos no espelho e repetindo tudo que fizeram novamente, para ser aceito na sociedade.
Ademais, outro fator contribuinte para esse quadro é o julgamento da sociedade, formando um "Tribunal Julgador da Beleza". O sociólogo Émile Durkheim, afirmou que "Os fatos sociais podem ser normais ou patológicos". Nessa lógica, esse julgamento social, se torna doentio, em razão de tentar acabar com as diferenças padronizando o corpo e excluindo quem não se encaixa nessa comunidade, os excluídos, por sua vez, recorrem a "tratamentos plásticos ", que tem o intuito de mudar o seu corpo, por meio de cirurgias, por fim conseguem serem aprovados, já os excluídos que não recorrem as plásticas, por motivos financeiros, só lhe resta um caminho, sofrer por doenças sem cura, não há outro caminho, já que faz parte do seu cotidiano ouvir que tem que estar nos padrões e ver em redes sociais que a beleza é muito importante, tornando normal pretender se parecer com famosos.
Nessa perspectiva, faz-se mister que a busca de igualar o corpo seja mitigada. Destarte, campanhas de conscientização --órgão que oferecem promoção de apoio a iniciativas de solidariedade, promoção à vida e desfazer padrões que oferecem risco a saúde-- deve iniciar um projeto de desmistificar esses padrões perfeitos, impostos pela a sociedade, por meio de escolas, bem como lugares de âmbito público. Essas campanhas irá proferir as consequências de padronizar a graciosidade, outrossim as plásticas não são as soluções, de modo a deixar claro para a sociedade que o mundo perfeito é aquele que vive com as diferenças. A fim de acabar com a padronização da beleza.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Avatar do usuário
Por GabiNatali
Quantidade de postagens
#60027
Bom dia. Vou colocar aqui os pontos q eu acho q vc pode melhorar. Não sou uma expert do assunto, então talvez eu erre.

Se vc quiser q eu corrija por pontuação, me avise, que dai eu atualizo, levando em conta a minha opinião.

O livro "Alice no Espelho", de Laura Bergalho, retrata uma história de uma menina chamada Alice, ela vivia com sua mãe, que todo dia fazia academia, para sempre estar bela e com o corpo perfeito. Alice tinha o sonho de parecer com Mirna Lee, uma modelo toda encaixada nos padrões da beleza. Alice sofreu de anorexia e bulimia, por desejar se assemelhar a modelo (foi bom ter usado uma alusão cultural, mas eu acho q vc deveria resumir essa parte). Apesar de ficcional, a obra ilustra o hodierno cenário brasileiro, do perverso julgamento das pessoas. Salienta-se que, assim como na obra, esse impasse surge a partir do medo do julgamento negativo da sociedade, buscando parecer com quem já foi aprovado e as redes sociais, também, tem grande colaboração com a causa deste problema. Sua introdução, tirando a parte colorida, está ótima.


Em primeiro plano, vale ressaltar a grande participação das redes sociais nesse cenário. A filósofa Simone Beauvoir, afirmou que " Os mais escandalosos dos escândalos é que nos habituamos a eles". Desse modo, as redes sociais , como o Instagram, uma plataforma de fotos de usuários(acho q essa parte vc não precisa colocar), auxilia os indivíduos a se habituarem com padrões. Por meio de filtros, faz os usuários parecerem uniforme, bem como a comparação de indivíduos que fazem uso da internet com seus ídolos, recorrendo as plásticas, assim sendo mais cotidiano nas redes sociais usuários que se assemelham, por usar filtros que os deixam "belos" (olha, tente conectar todas essas informações por meio de conectivos que indicam proporção). Entretanto, quem não entra nesses padrões é visto como "feio", agravando em severas doenças ,assim como na obra "Alice no Espelho", à anorexia e bulimia, doenças essas sem cura, que requer uma série de tratamentos, essas doenças aparecem quando pessoas que não entram nos padrões impostos, buscam entrar, elas param de comer, quando comem ingerem remédios para vomitar a comida, passam a ser tão magras, que começam a ser ver gordos no espelho e repetindo tudo que fizeram novamente, para ser aceito na sociedade. Seu desenvolvimento está ótimo. Aconselho q vc resuma algumas partes e coloque coisas que contribuam ainda mais para o seu argumento.


Ademais, outro fator contribuinte para esse quadro é o julgamento da sociedade, formando um "Tribunal Julgador da Beleza". O sociólogo Émile Durkheim, afirmou que "Os fatos sociais podem ser normais ou patológicos". Nessa lógica, esse julgamento social, se torna doentio, em razão de tentar acabar com as diferenças padronizando o corpo e excluindo quem não se encaixa nessa comunidade, os excluídos, por sua vez, recorrem a "tratamentos plásticos ", que tem o intuito de mudar o seu corpo, por meio de cirurgias, por fim conseguem serem aprovados, já os excluídos que não recorrem as plásticas, por motivos financeiros, só lhe resta um caminho, sofrer por doenças sem cura, não há outro caminho, já que faz parte do seu cotidiano ouvir que tem que estar nos padrões e ver em redes sociais que a beleza é muito importante, tornando normal pretender se parecer com famosos. (são esse períodos q seria bom dar uma resumida). Esse paragrafo está muito bom. Além das citações filosóficas, é válido também incluir dados e estatísticas, citações de autoridade.


Nessa perspectiva, faz-se mister que a busca de igualar o corpo seja mitigada. Destarte, campanhas de conscientização --órgão que oferecem promoção de apoio a iniciativas de solidariedade, promoção à vida e desfazer padrões que oferecem risco a saúde-- deve iniciar um projeto de desmistificar esses padrões perfeitos, impostos pela a sociedade, por meio de escolas, bem como lugares de âmbito público. (essa frase ficou confusa) .Essas campanhas irá (irão) proferir as consequências de padronizar a graciosidade, outrossim as plásticas não são as soluções, de modo a deixar claro para a sociedade que o mundo perfeito é aquele que vive com as diferenças. A(acho q vc deveria substituir o ponto por uma vírgula) fim de acabar com a padronização da beleza.

Sobre a competência 4, eu não entendo muito sobre recursos coesivos e to começando a estudar essa parte. Através desse site, descobri q conta muito no Enem essa parte de coerência e coesão. Sugiro q vc tbm dê um olhada nisso, já q eu não sei te dizer se sua redação está boa nesse quesito.

Espero ter ajudado! Não desista nem desanime, montar redações é difícil msm, mas com o tempo e a prática vai ficando mais fácil.

A Dama e o Vagabundo é um filme de anima&cc[…]

DESENVOLVIMENTO 1: A priori, tal problem&aacut[…]

Boa noite, Luffynho ! Isso aí, continue pr[…]

Opa, Rod23 , claro! Tenho alguns textos para corr[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM