Avatar do usuário
Por amazingJ006
Quantidade de postagens
#128887
Segundo o Ministério da Saúde, natalidade consiste no número de nascido vivos, por mil habitantes, em determinado ano e espaço geográfico. No contexto nacional atual, no qual as cidadãs optam por não participarem da maternidade, existe um estigma associado aos resultados do declínio demográfico da natalidade no Brasil. Isso ocorre, pois existem inúmeros casos de abandono paterno e, também, existe uma desvalorização do gênero feminino no mercado de trabalho.
Em primeiro lugar, acerca da lógica referente ao empecilho relacionado à natalidade no espectro brasileiro é válido retomar o aspecto supracitado quanto à ausência paterna neste caso. Na música "Faltou o Leite Ninho" de 2007, é retratada a vida de uma mãe solteira, passando por um momento de instabilidade financeira, e, mesmo jovem teve que lidar com a situação sem rede de apoio. Isso ocorre pela falta de responsabilidade por parte dos genitores, pois estes apesar de cumprirem a parte prevista por lei, não oferecem a necessária afetividade. Dessa maneira essa celeuma urge ser solucionada, para assim o abandono afetivo seja dizimado e a República Federativa do Brasil, se torne um país que segue o que está escrito na bandeira "Ordem e Progresso".
Paralelamente ao abandono afetivo nessa questão, é fundamental o debate acerca do preconceito relacionado a maternidade dentro do mercado de trabalho no Brasil, uma vez que ambos representam impasses para a completa valorização da natalidade. Isso faz com que se dissemine a ideia equivocada no qual tem a maior preferência de empregabilidade masculina. Embora a Constituição Federal de 1988 assegure o direito à igualdade da população, é notável a desvalorização das mulheres no ramo de atividades trabalhistas. Consequentemente, as mulheres, sobretudo aquelas de menor renda, têm uma sobrecarga contribuindo para a progressiva desistência da maternidade entre jovens e mulheres brasileiras.
Portanto, cabe ao Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania_ principal órgão responsável pela promoção e proteção dos direitos da população no Brasil_ realizar a execução efetiva da lei, por meio da realização de palestras nas redes de ensino e midiáticas, a fim de garantir o aumento da natalidade entre mulheres sul-americanas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
286 Exibições
por ricviana
0 Respostas 
416 Exibições
por vitormelo
0 Respostas 
155 Exibições
por Etevaldo
3 Respostas 
209 Exibições
por Carlos123wx
2 Respostas 
227 Exibições
por Felipe082
0 Respostas 
97 Exibições
por Veniciux
0 Respostas 
94 Exibições
por ligia123
0 Respostas 
111 Exibições
por Vihbispo
0 Respostas 
133 Exibições
por mariana321
A problemática do descarte do lixo no Brasil
por rayy018    - In: Outros temas
0 Respostas 
130 Exibições
por rayy018

@Zenebra @Caiunao @kosmo @Kete @Hyque @lais45[…]

O cigarro eletrônico foi criado em 2005 pelo[…]

O escritor Carlos Drummond de Andrade, em seu poem[…]

Aldous Huxley defende: "Os fatos nã[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM