Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#58379
No livro "Utopia" de Thomas More, é retratada uma sociedade perfeita, na qual o corpo social padroniza-se pela ausência de conflitos e problemas. Entretanto, a obra do escritor diverge substancialmente da realidade contemporânea, uma vez que a automedicação na cultura brasileira apresenta perigos à sociedade. Nesse contexto, dois pontos são relevantes: O legado histórico e a falta de debates.
Convém ressaltar, em primeiro plano, que a automedicação é um legado histórico. Durante o período colonial, a saúde era responsabilidade dos boticários, os quais prescreviam receitas sem embasamento científico. Hodiernamente, em pleno século XXI, muitos brasileiros utilizam-se desse meio para cuidar de sua saúde e acabam prejudicados, pois o uso incorreto de medicamentos pode acarretar problemas graves, a exemplo de uma intoxicação. Logo, é necessário a mudança desse quadro.
Ademais, a falta de debate é uma barreira no que tange a resolução da problemática. Segundo filósofo Habermas a linguagem é uma verdadeira forma de ação. Nesse sentido, percebe-se que a automedicação, por ser considerada comum, não possui a atenção adequada e, desse modo, a ausência de mobilidade informativa sobre o quanto esse habito pode ser prejudicial contribui na sua persistência. Desse forma, é preciso aderir ao conhecimento.
Portanto, é evidente que tais entraves precisam ser solucionados. Para esse fim, cabe ao Estado, em parceria do Ministério da Saúde, criar um projeto chamado "Autoconsciência", que vise debates acerca dos perigos da automedicação na vida dos brasileiros. Tal plano deve acontecer por meio de palestras nas redes sociais como o Facebook, Instagram e YouTube, para que alcance o maior público possível. Assim, será possível alcançar a utopia de More.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Promugada pela ONU em 1948, a declaraç&atil[…]

Sua redação não encaixa corre[…]

O filósofo francês Sartre defende que[…]

"Só pro meu prazer..."

Obrigada Ashiley , ficarei mais atenta quanto as […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM