Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#40154
Na obra "Utopia" do escritor Thomas More, é retratada uma sociedade perfeita, na qual o corpo Social padroniza-se pela ausência de conflitos e problemas. O que é observa-se na realidade contemporânea é o oposto do que o autor prega uma vez que os obstáculos para a doação de sangue apresenta barreiras, as quais dificultam a concretização dos planos de More. Esse cenário antagônico é fruto tanto da falta de conscientização, quanto dá deficiência estrutural.
Precipuamente, é fulcral pontuar que o Brasil não se prepara para captar o doador desde criança, sem essa visão futurista, não trazemos o doador, deriva da baixa atuação dos setores governamentais, no que concerne à criação de mecanismos que coíbem tais recorrências. Devido à falta de atuação das autoridades, a falta de conscientização da população agrava ainda mais a baixa das doações. Desse modo faz-se importante a reformulação dessa postura estatal de forma urgente.
Ademais, é imperativo ressaltar a deficiência estrutural como o promotor do problema. Segundo o IBGE 1,6% da população brasileira doa sangue e que a maioria é jovem. Partindo desse pressuposto a estrutura dos hemocentros não suportaria se a maioria da população se voluntariasse com esta causa e alguns estados do Brasil não tem todo esse suporte necessário. Tudo isso retarda a resolução do empecilho, já que a deficiência estrutural contribui para perpetuação desse quadro deletério.
Dessarte, com intuito de mediar o problema da falta de informação e estrutura danificada, necessita urgentemente, que os órgãos de propagandas do governo divulgue com mais frequência a importância da doação, e o Tribunal de Contas da União, direcionar capital , que por intermédio do Ministério da Saúde será revertido em construções, de mais hemocentros, pelas regiões desprovidas, através de reformas de pontos de apoio já prontos nas capitais. Desse modo, atenuar-se-á, em médio e longo prazo, o impacto nocivo da falta de sangue nos bancos de sangue , e a coletividade da Utopia de More.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A chamada "Geração de 45",[…]

Não se deve iniciar o texto com a Palavra &[…]

Dúvida!

Bom, Ashiley. Tem essa parte do edital do Enem imp[…]

Na correria do dia a dia tornou-se comum se autome[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM