• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#45851
Em consequência do avanço da tecnologia e da facilidade de se conectar à internet, muitas pessoas têm mudado o modo de se relacionarem. Assim, as crianças não se excluem desse novo mundo informatizado e acabam por obter acesso a ele desde muito cedo. Com isso, devido ao seu intenso uso há ocorrência de vários problemas, como uma intensa exposição a pessoas mal intencionadas, e também um prejuízo no desenvolvimento da saúde física.
Em primeiro lugar, é importante mencionar que as crianças têm se tornado vítimas de criminosos na internet. Nesse sentido, devido ao anonimato permitido no mundo virtual, alguns aproveitam da ingenuidade dos pequenos e realizam práticas nocivas e criminosas no que se refere à privacidade e intimidade. Dessa forma, Ângelo Attanasio- colunista do jornal BBC NEW-, em recente estudo afirma que os crimes virtuais, como a pedofilia, têm se intensificado consideravelmente nos últimos anos. Logo, percebe-se que crianças são o principal alvo daqueles que visam cometer atos ilícitos na internet.
Secundariamente, vale destacar que o intenso uso do mundo virtual pelas crianças afeta diretamente sua saúde física. Nesse contexto, o fato de ficarem muito tempo conectadas em celulares e videogames, criam um certo vício e conforto, o que elimina o desejo em praticar brincadeiras ou atividades físicas. Dessa maneira, de acordo com uma pesquisa feita pela Universidade de Alberta, no Canadá, crianças que possuem contato com o mundo virtual nos primeiros anos de vida têm maior probabilidade de se tornarem obesas no futuro. Por isso, verifica-se que a intensa conectividade ao não se relacionar com atividades do mundo real, acarreta em malefícios que podem ser prejudiciais posteriormente.
Portanto, nota-se que o contato com o mundo da tecnologia por parte dos menores deve ser minimizado ou tardio. Nesse viés, cabe essencialmente ao âmbito familiar não só conversar sobre os riscos que existem, como também monitorar e limitar o tempo de uso. Dessa forma, minimizar-se-iam os problemas decorrentes do intenso uso do mundo virtual pelas crianças.


Fundep.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#45911
@mardenwiller, peguei um espelho da fundep aqui, costuma valer 50 pontos
10 de pontuação e ortografia = em cada erro menos 1,25
10 de sintaxe e morfologia = em cada erro menos 1,25
10 de adequação vocabular = não usar gírias, gerundismo... em cada erro menos 2,25
10 de coesão e coerência = sobre estrutura e organização, é menos 5 pontos
10 de compreensão do tema = avalia a argumentação, é menos 5 pontos

Sinceramente, eu não sei no que poderia tirar pontos. Fica aí o enigma :lol:

Agora tem que prestar atenção na folha de redação, respeitar o espaço, as linhas, as margens, não deixar sobrar espaço no início e final das linhas (exceto o início dos parágrafos e ainda procurar deixar o mesmo tanto de espaço), tamanho da letra, rasura.. São coisas estéticas, mas que perde ponto.
Abuso sexual infantil

Boa noite, você escreve muito bem, mas recom[…]

Celular um amigo ou inimigo?

É notório que, na modernidade contem[…]

Invisibilidade e Registro civil

No romance filosófico "Utopia" cr[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM