Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#47062
No século XVIII, o filósofo Immanuel Kant formulava sua teoria do imperativo categórico e a máxima universal. Nela havia princípios morais que todos os seres humanos deveriam seguir. Para ele, uma sociedade nunca poderia se basear na mentira. O que se vê ser aplicado hoje em dia é o extremo oposto dessa ideia, a verdade quase sempre está oculta ou corrompida por órgãos e empresas o tempo todo.
O mundo está em uma época em que presidente são eleitos e referendos populares são decididos na base de fake news, como foi o caso da eleição americana, brasileira, e o polêmico caso do Brexit. O destino de muitas nações está sendo guiado por mentiras. As notícias falsas estão se tornando um problema sério no mundo todo, e está cada vez mais difícil controlá-las.
O que impede o problema de ser contido? As próprias pessoas. A população está cada vez menos buscando fontes diversas, aceitando os títulos que aparecem na tela sem nem questionar, incorporando aquilo a sua realidade. Desse modo, surgem diversas bolhas onde as pessoas possuem diferentes verdades e nenhuma está disposta a abrir mão, quase não conseguimos distinguir a verdade da mentira.
Portanto, medidas são necessárias para resolver o problema, não em um futuro próximo, mas gradualmente se pode alcançar. O próprio Immanuel Kant disse: “O ser humano é aquilo que a educação faz dele”, logo, uma política de conscientização em massa a cerca da mentira e das notícias falsas, organizada pelo MEC, é um possível caminho para traçar o limite da mentira desde cedo.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

#47093
Esse tema é muito improvável de cair, não? Ele é muito uma questão de formação pessoal, enquanto o Enem trabalha com problemas sociais mais evidentes na sociedade como um todo.

No século XVIII, o filósofo Immanuel Kant formulava sua teoria do imperativo categórico e a máxima universal. Nela havia princípios morais que todos os seres humanos deveriam seguir. Para ele, uma sociedade nunca poderia se basear na mentira. O que se vê ser aplicado hoje em dia é o extremo oposto dessa ideia, a verdade quase sempre está oculta ou corrompida por órgãos e empresas o tempo todo.
---> Apresentou uma tese clara e uma boa contextualização.

O mundo está em uma época em que presidente são eleitos [presidentes são eleitos ou presidente é eleito (1) e referendos populares são decididos na base de fake news, como foi o caso da eleição americana, brasileira, e o polêmico caso do Brexit. O destino de muitas nações está sendo guiado por mentiras. As notícias falsas estão se tornando um problema sério no mundo todo, e está cada vez mais difícil controlá-las.
(1) Verbo e adjetivo devem concordar com o sujeito
---> Poderia ter uma melhor ligação entre as frases, usar alguns recursos coesivos para ir dando sequência de ideias.

O que impede o problema de ser contido? As próprias pessoas. A população está cada vez menos buscando fontes diversas, aceitando os títulos que aparecem na tela sem nem questionar, incorporando aquilo a sua realidade. Desse modo, surgem diversas bolhas onde as pessoas possuem diferentes verdades e nenhuma está disposta a abrir mão, quase não conseguimos distinguir a verdade da mentira.
---> Falta um repertório legítimos. Até tem algumas informações como "surgem diversas bolhas" e "A população está cada vez menos buscando" , mas não são dados com fonte.

Portanto, medidas são necessárias para resolver o problema, não em um futuro próximo, mas gradualmente se pode alcançar. O próprio Immanuel Kant disse: “O ser humano é aquilo que a educação faz dele”, logo, uma política de conscientização em massa a cerca[acerca (2)] da mentira e das notícias falsas(Ação), organizada pelo MEC(Agente), é um possível caminho para traçar o limite da mentira desde cedo(Detalhamento?).
(2) E do nada apareceu uma cerca kkkkk, cuidado ;) .
---> Faltou o modo e a finalidade da ação, estudar sobre isso pode ajudar. A conclusão iniciou bem.


São esses os principais pontos que vi e busque mesmo temas mais voltados a problemas sociais ou invés de algo tão filosófico, tipo essa redação com uma alteração ou outra poderia falar de um tema com fake news. E é isso...

Na obra "Utopia", do escritor inglê[…]

jherodrigues , kalliny , Geralcinoj , Sofia01 po[…]

AhNaoAna , Francis Bacon , XxDamastco , pod[…]

A ss se eu trato o outro com preconceito ou descr[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM