• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#77545
Thomas Hobbes afirma que o estado é responsável por garantir o bem-estar da população. No entanto, expulsar o povo de suas residências vai de encontro com o que o filósofo diz. Logo, é necessário analisar os impactos socioeconômicos da gentrificação no Brasil. Nesse sentido, com intuito de averiguar a problemática é importante falar sobre o aumento de moradores de rua e a favelização das cidades.
A princípio, a gentrificação gera inúmeras dificuldades para a sociedade e uma delas é o crescimento das pessoas em situação de rua. De acordo com a constituição de 1988, no artigo 5º, todo cidadão tem direitos e deveres. Porém, a moradia e a segurança são requisitos que não estão sendo atendidos, com a expulsão das pessoas de baixa renda de suas casas elas se veem obrigadas a irem morar nas ruas, sem o amparo do Estado muitos delas se tornam drogados, trabalham de forma indevida ou até roubam com a intenção de conseguirem algum dinheiro para a sua sobrevivência.
Ademais, algumas famílias são obrigadas a irem para os únicos lugares que conseguem pagar que são os morros. Durante o governo de Rodrigues Alves, em 1902, parte da população do Rio de janeiro foram expulsas de suas casas por causa da nova urbanização, como consequência muitas delas tiveram de ir para os morros. Desse jeito, não distante da atual realidade nota-se a grande desigualdade econômica social que o país continua a viver desde aquele tempo. Assim sem a ajuda do governo para reimplantar essas pessoas em locais seguros tais dificuldades continuaram acontecendo.
Portanto, os impactos socioeconômicos da gentrificação é um problema a ser resolvido. Para tanto, o estado deve garantir a segurança e proteção dos desabrigados, por meio de ajuda financeira e humanitária, para que não se percam em drogas e furtos. Ainda, o Ministério do Desenvolvimento Regional, deverá diminuir a desigualdade feita pelo crescimento desordenado, por intermédio de políticas fundiárias que permitam o acesso igualitário aos imóveis. Desse modo, será possível amenizar os malefícios gerados por tal questão.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#78327
Boa noite!
A estrutura da sua reação ficou muito boa e está adequada no meu ponto de vista, mas tiveram algumas coisinhas que eu senti falta:
- a concordância de algumas palavras,
- repetição de alguns termos,
- melhor desenvolvimento da ação realizada na conclusão, como por exemplo que tipo de ajuda monetária? .

Parabéns pelo seu esforço e continue assim, espero ter ajudado, bons estudos pra vc! 😊

Título: Mais problemas O programa mais m&[…]

Jotaveh walace vanussa Isabelaassis

Como a arte pode ser inclusiva no Brasil? Ao menc[…]

Francis29 bibipadilha P300 VanessaSousa d[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM