• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#76239
A pandemia do COVID-19 causou mudanças em todos os âmbitos sociais. Na educação, seu impacto foi significativo, uma vez que, devido ao isolamento social, as aulas presenciais foram interrompidas. Nesse sentido, cabe analisar os efeitos desse cenário pandêmico na educação, bem como medidas para os atenuar.
Primeiramente, vale destacar que o acesso à ferramentas tecnológicas, sobretudo voltadas para o ensino público no país, ainda se encontra restrito a uma pequena parcela da população com alto poder aquisitivo. Nesse sentido, é lícito pontuar que ,segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ( IBGE) ,4.1 milhões de estudantes da rede pública de educação não possuem acesso à internet. Nesse contexto, com a implementação do ensino remoto, ou seja via internet, para suprir a falta de aulas presenciais, o aprendizado de milhões de alunos ficou prejudicado, haja vista a necessidade de meios digitais para acessar os conteúdos pedagógicos. Desse modo, o impacto da pandemia na formação desses estudantes faz-se notória, como também é explícita a necessidade de remediar esse cenário.
Por efeito, as dificuldades no acesso aos conteudos escolares faz com que muitos estudantes se sintam desmotivados a continuar seus estudos. Tal afirmativa é corroborada pelos dados apresentados no relatório da Unicef sobre educação na pandemia, no qual é dito que a quantidade de alunos, com idades entre 6 e 17 anos, que abandonaram as instituições de ensino foi de 1,38 milhão, o que representa 3,8% dos estudantes, taxa superior à média nacional de 2019, quando ficou em 2%. Com isso, percebe-se o aumento da evasão escolar no cenário atual, consequência direta da escassez de políticas públicas voltadas para integração tecnológica dessa parte da população .
Portanto, frente aos fatos supramencionados, infere-se a necessidade de medidas que atenuem os impactos da pandemia na educação brasileira. Com isso, é de responsabilidade do Ministério da Educação, organizar, por meio das secretarias de Educação de estados e municípios, uma agenda nacional de enfrentamento à pandemia educacional, na qual estarão incluídas bolsas mensais de assistência aos estudantes, bem como entrega de ferramentas digitais como notebooks e internet àqueles que não tem recursos financeiros, com o fito de democratizar o acesso a educação nesse período. Além disso, cabe aos canais abertos de televisão em parceria com os Estados, transmitir aulas ao vivo aos alunos que não têm acesso à internet. Desse modo, espera-se que os efeitos da pandemia do Covid-19 no sistema educacional brasileiro, pouco perdure.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#76321
❌❱𝐸𝑅𝑅𝒜𝒟𝒪
✅❱𝒫𝒜𝑅𝒜𝐵𝐸𝒩𝒮
📄❱𝑅𝐸𝐸𝒮𝒞𝑅𝐸𝒱𝐸𝑅
📝❱𝐹𝒜𝐿𝒯𝒪𝒰
😱❱ 𝒜𝒯𝐸𝒩𝒞𝒜𝒪

A pandemia do COVID-19 causou mudanças em todos os âmbitos sociais. Na educação, seu impacto foi significativo, uma vez que, devido ao isolamento social, as aulas presenciais foram interrompidas. Nesse sentido, cabe analisar os efeitos desse cenário pandêmico na educação, bem como medidas para os atenuar.

  • 📝Tese
    😱Contextualização muito fraca e meio confusa


Primeiramente, vale destacar que o acesso à ferramentas 1 tecnológicas, sobretudo voltadas para o ensino público no país, ainda se encontra restrito a uma pequena parcela da população com alto poder aquisitivo. Nesse sentido, é lícito pontuar que ,segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ( IBGE) ,4.1 milhões de estudantes da rede pública de educação não possuem acesso à internet 2. Nesse contexto, com a implementação do ensino remoto, ou seja 3 via internet 2, para suprir a falta de aulas presenciais, o aprendizado de milhões de alunos ficou prejudicado, haja vista a necessidade de meios digitais para acessar os conteúdos pedagógicos. Desse modo, o impacto da pandemia na formação desses estudantes faz-se notória, como também é explícita a necessidade de remediar esse cenário.

  • 1 Possível erro de concordância de número.
    2 Os estrangeirismos devem estar entre aspas.
    3 Esta locução deve ser separada por vírgulas.


Por efeito, as dificuldades no acesso aos conteudos 4 escolares faz com que muitos estudantes se sintam desmotivados a continuar seus estudos. Tal afirmativa é corroborada pelos dados apresentados no relatório da Unicef sobre educação na pandemia, no qual é dito que a quantidade de alunos, com idades entre 6 e 17 anos, que abandonaram as instituições de ensino foi de 1,38 milhão, o que representa 3,8% dos estudantes, taxa superior à média nacional de 2019, quando ficou em 2%. Com isso, percebe-se o aumento da evasão escolar no cenário atual, consequência direta da escassez de políticas públicas voltadas para integração tecnológica dessa parte da população .

  • 4 Encontrado possível erro de ortografia. Tem acento agudo no u

Portanto, frente aos fatos supramencionados, infere-se a necessidade de medidas que atenuem os impactos da pandemia na educação brasileira. Com isso, é de responsabilidade do Ministério da Educação, organizar, por meio das secretarias de Educação de estados e municípios, uma agenda nacional de enfrentamento à pandemia educacional, na qual estarão incluídas bolsas mensais de assistência aos estudantes, bem como entrega de ferramentas digitais como notebooks e internet àqueles que não tem recursos financeiros, com o fito de democratizar o acesso a educação 5 nesse período. Além disso, cabe aos canais abertos de televisão em parceria com os Estados, transmitir aulas ao vivo aos alunos que não têm acesso à internet 2. Desse modo, espera-se que os efeitos da pandemia do Covid-19 no sistema educacional brasileiro, pouco perdure.

  • 5 Possível erro de crase.

Athesui maiconpgtu anaclaradll jheromagn[…]

O artigo 6º da constituição fed[…]

O romance "Lolita " de 1955,escrito pelo[…]

Limites do humor

Atualmente, o tema limitës do humor é […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM