• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#81254
O artigo 5°, Da Constituição federal de 1988, defende o direito pleno de qualquer cidadão. No Entanto, percebe-se uma lacuna na garantia desses direitos ao que se refere a cultura do estupro no Brasil, O que, além de grave torna se com um problema inconstitucional. Com isso surge a questão da objetificação do corpo feminino, que persiste intrínseco na realidade brasileira seja pelo receio de denúncia e questões socioculturais.
Em primeiro plano, é preciso atentar para o receio de denúncia presente na questão. Na série os 13 porquês é retratada o desrespeito para com a vítima de estupro, colocando-a como responsável pela violação do seu corpo, trazendo para a realidade encontra-se no Brasil um senário parecido, como o da estudante de direito Mariana Ferreira que promoveu movimento em respeito ao seu trauma em todo território nacional.
Além disso, a cultura do estupro encontra terra fértil nas questões socioculturais. Conforme Durkleim, O fato social é a maneira coletiva de pensar. Sob essa lógica, é possível perceber que os impactos da cultura do estupro em solo brasileiro é fortemente influenciado pelo pensamento coletivo, uma vez que, se as pessoas crescem inseridas em um contexto social intolerante opressor, a tendência é adotar esse comportamento também, o que torna a solução mais complexa.
Sendo assim, medidas estratégicas são necessárias para alterar esse cenário. Para este fim, é vital que o Ministério da justiça o Ministério da saúde, juntos, realizem duplamente ações de punições e atendimentos psicológicos aos agressores e as vítimas. Enquanto estes se daria através de especialistas em tratamento pós traumáticos postos de saúde e resolução dos processos abertos a fim de garantir que o cenário de impunidade se modifique.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#81413
O artigo 5°, Da Constituição federal de 1988, defende o direito pleno de qualquer cidadão. No Entanto, percebe-se uma lacuna na garantia desses direitos ao que se refere a cultura do estupro no Brasil, O que, além de grave [faltou vírgula] torna se torna-se com [remova] um problema inconstitucional. Com isso [faltou vírgula] surge a questão da objetificação do corpo feminino, que persiste intrínseco na realidade brasileira [faltou vírgula] seja pelo receio de denúncia e questões socioculturais.

Em primeiro plano, é preciso atentar para o receio de denúncia presente na questão. [cadê o conetivo?] Na série cadê as aspas?"os 13 porquês" é retratada o desrespeito para com a vítima de estupro, colocando-a como responsável pela violação do seu corpo, [faltou um ponto final] trazendo para a realidade [faltou vírgula] encontra-se no Brasil um senário parecido, como o da estudante de direito Mariana Ferreira que promoveu movimento em respeito ao seu trauma em todo território nacional. [faltou a consequência disso e o fechamento do parágrafo]
Tópico F + Repertório + Relação + Consequências + Fechamento

Além disso, a cultura do estupro encontra terra fértil nas questões socioculturais. [cadê o conetivo?] Conforme Durkleim, O fato social é a maneira coletiva de pensar. Sob essa lógica, é possível perceber que os impactos da cultura do estupro em solo brasileiro é fortemente influenciado pelo pensamento coletivo, uma vez que, se as pessoas crescem inseridas em um contexto social intolerante opressor, a tendência é adotar esse comportamento também, o que torna a solução mais complexa. [faltou a consequência disso e o fechamento do parágrafo]
Tópico F + Repertório + Relação + Consequências + Fechamento

Sendo assim, medidas estratégicas são necessárias para alterar esse cenário. Para este fim, é vital que o Ministério da jJustiça o Ministério da sSaúde, juntos, realizem duplamente ações de punições e atendimentos psicológicos, respectivamente, aos agressores e as vítimas. Enquanto estes se daria através de especialistas em tratamento pós traumáticos postos de saúde e resolução dos processos abertos a fim de garantir que o cenário de impunidade se modifique.

Retomada + Solução (1.agente; 2.ação; 3.meio; 4.Finalidade; 5.Detalhamento faltou)
faltou idealização pós-intervenção.
Redação ENEM 2021

chicao KarllaViit EuDavila Eumesmaoxi Ped[…]

Olá, alguém poderia corrigir? 😊 @An[…]

Na novela Avenida Brasil, é visto um exempl[…]

Você poderia dar uma nota para minha reda&cc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM