• Avatar do usuário
#67297
No ano de 1500, quando os portugueses chegaram à América do Sul, o escrivão Pero Vaz de Caminha escreveu para o Rei Dom Manuel I uma carta sobre a terra recém descoberta, na qual afirmou que o solo era fértil e as águas seriam “infindas”. Porém, no século XXI, esse recurso hídrico tornou-se limitado no Brasil e provocará sérios impactos tanto econômicos quanto energéticos – isto é, os preços são elevados em resposta à queda nas produções e o fornecimento de eletricidade é restrito devido à escassez. Desse modo, torna-se premente analisar os principais fatores dessa problemática: o excessivo consumo do líquido e o desmatamento da floresta amazônica.

Sob esse viés, é importante ressaltar a elevada aplicação hídrica como o obstáculo do avanço financeiro. Para exemplificar, pode-se citar os dados da Agência Nacional de Águas, pois indicam que a cada 100 litros consumidos, 72 são usados no agronegócio. Nesse caso, a fim de suprir as necessidades do crescimento populacional, a agricultura e a pecuária empregam grande quantidade desse líquido em suas atividades, principalmente na irrigação, sem quaisquer tecnologias que controlem os gastos e que tratem o esgoto. Consequentemente, por causa da intensa demanda de matéria-prima do campo, a falta de monitoramento de possíveis desperdícios gera um volumoso desaproveitamento de água, o qual enfraquece a produção de mercadorias e provoca alta nos preços. Enfim, torna-se clara a potencial relação negativa entre a escassez e a ausência de meios sustentáveis.

Outrossim, o desflorestamento é um dos elementos ocasionadores da redução nos níveis dos reservatórios. Tal diminuição pode ser explicada pelo fato de existirem os chamados “Rios Voadores da Amazônia” que são águas liberadas pelas árvores em estado de vapor para a atmosfera e transportadas por meio das correntes de ar. Então, quando as florestas decrescem, esse fenômeno sofre certa modificação na sua massa, a qual enfraquece-o e impede-o de concluir o seu percurso – iniciado no estado do Amazonas até a região de cadeias montanhosas da costa oeste da América do Sul, a Cordilheira dos Andes. Dessa maneira, as precipitações de chuvas pelas regiões do Brasil são insuficientes e a seca se alastra pelo país, afeta o trabalho das hidrelétricas e causa o encarecimento dos preços das contas de energia em razão do restringimento da distribuição de eletricidade. Assim, evidencia-se como ações capazes de erradicar essas atrocidades contra o meio ambiente são necessárias.

Em suma, é necessário reverter o quadro de crise hídrica no Brasil. Para isso, cabe ao Ministério do Meio Ambiente (MMA), juntamente ao da Agricultura, investir no agronegócio sustentável mediante a aplicação de práticas socioambientais – como o desenvolvimento da irrigação por gotejamento, o que evitará a evaporação. Ademais, o MMA deve aumentar a fiscalização de áreas florestais, com o uso de aeronaves não tripuladas, os “drones” – pois ampliam a capacidade de observação dos agentes de preservação. Essas ações têm, respectivamente, os objetivos de diminuir o desperdício do recurso e identificar e punir os responsáveis por desmatamentos. Logo, tais atitudes propiciarão às próximas gerações a chance de vivenciar o mesmo encanto sentido pelos português quando chegaram à América.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#67466
Ei, Joice!


legenda:
(substituição ou acréscimo)
palavra substituída
(estrutura)
erros/desnecessário
corrigido

INTRODUÇÃO /////
No ano de 1500, quando os portugueses chegaram à América do Sul, o escrivão Pero Vaz de Caminha escreveu para o Rei Dom Manuel I uma carta sobre a terra recém descoberta, na qual afirmou que o solo era fértil e as águas seriam “infindas” (contextualização). Porém, no século XXI, esse recurso hídrico tornou-se limitado no Brasil e provocará (ou) sérios impactos tanto econômicos quanto energéticos – isto é, os preços são elevados em resposta à queda nas produções e o fornecimento de eletricidade é restrito devido à escassez (tese). Desse modo, torna-se premente analisar os principais fatores dessa problemática: o excessivo consumo do líquido e o desmatamento da floresta amazônica (encaminhamento).

OBSERVAÇÃO: ✅//⚠
estrutura ✅
organização ✅
tese ✅
conectivos ✅

DESENVOLVIMENTO /////
Sob esse viés, é importante ressaltar a elevada aplicação hídrica como o obstáculo do avanço financeiro (apresentação da ideia). Para exemplificar, pode-se citar os dados da Agência Nacional de Águas, pois indicam que a cada 100 litros consumidos, 72 são usados no agronegócio. Nesse caso, a fim de suprir as necessidades do crescimento populacional, a agricultura e a pecuária empregam grande quantidade desse líquido em suas atividades, principalmente na irrigação, sem quaisquer tecnologias que controlem os gastos e que tratem o esgoto. Consequentemente, por causa da intensa demanda de matéria-prima do campo, a falta de monitoramento de possíveis desperdícios gera um volumoso desaproveitamento de água, o qual enfraquece a produção de mercadorias e provoca alta nos preços (encaminhamento da argumentação). Enfim, torna-se clara a potencial relação negativa entre a escassez e a ausência de meios sustentáveis (fechamento - aconselho usar uma frase de efeito como no D2).

Outrossim, o desflorestamento é um dos elementos ocasionadores da redução nos níveis dos reservatórios (apresentação da ideia). (Nesse contexto,) Tal diminuição pode ser explicada pelo fato de existirem os chamados “Rios Voadores da Amazônia” que são águas liberadas pelas árvores em estado de vapor para a atmosfera e transportadas por meio das correntes de ar. Então, quando as florestas decrescem, esse fenômeno sofre certa modificação na sua massa, a qual enfraquece-o e impede-o de concluir o seu percurso – iniciado no estado do Amazonas até a região de cadeias montanhosas da costa oeste da América do Sul, a Cordilheira dos Andes. Dessa maneira, as precipitações de chuvas pelas regiões do Brasil são insuficientes e a seca se alastra pelo país, afeta o trabalho das hidrelétricas e causa o encarecimento dos preços das contas de energia em razão do restringimento da distribuição de eletricidade (encaminhamento da ideia). Assim, evidencia-se como ações capazes de erradicar essas atrocidades contra o meio ambiente são necessárias (fechamento).

OBSERVAÇÃO: ✅//⚠
organização ✅
estrutura ✅ (apenas o simplório problema na d1)
argumentação para defesa de um ponto de vista ✅
conectivos ✅
extras: excelente repertorio! argumentação 10!

CONCLUSÃO /////
Em suma, é necessário reverter o quadro de crise hídrica no Brasil. Para isso, cabe ao Ministério do Meio Ambiente (MMA), juntamente ao da Agricultura, investir no agronegócio sustentável mediante a aplicação de práticas socioambientais como o desenvolvimento da irrigação por gotejamento, o que evitará a evaporação. Ademais, o MMA deve aumentar a fiscalização de áreas florestais, com o uso de aeronaves não tripuladas, os “drones”pois ampliam a capacidade de observação dos agentes de preservação. Essas ações têm, respectivamente, os objetivos de diminuir o desperdício do recurso e identificar e punir os responsáveis por desmatamentos. Logo, tais atitudes propiciarão às próximas gerações a chance de vivenciar o mesmo encanto sentido pelos português quando chegaram à América.

agente
ação
modo/meio
finalidade
detalhamento

OBSERVAÇÃO: ✅//⚠
5 elementos ✅
organização ✅
proposta de intervenção ✅

Bom, essa foi minha análise. Lembrando que não sou especialista, mas sei um pouquinho :?
Espero que te ajude, de coração!

Se precisar, já sabe! Abraço.
#67483
@JoiceF, disponha! Aguardo seu próximo texto. ;)
A exploração trabalhista

A constituição federal de 1988[1], d[…]

EmillyySilva poderia me ajudar a corrigir essa r[…]

igualdade a todos

A constituição federal de 1988, docu[…]

A obra da artista brasileira Tarsila do Amaral &ls[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM