• Avatar do usuário
#67781
Desemprego. Falência. Fome. Estas palavras definem um evento histórico marcante: À grande depressão de 1929, um dos maiores acontecimentos que literalmente faliu todo o globo. Com o término desse evento e da Segunda Guerra Mundial, a humanidade achou que finalmente descansaria. Entretanto, frente aos desafios atuais, isso está longe de acontecer. 92 anos após a crise, boa parte do mundo enfrenta uma pandemia gerada pelo Covid-19, na qual está afetando a economia de países ricos e pobres, incluindo o Brasil.

Inicialmente, é preciso ressaltar os indivíduos que mais sofrem as consequências dessa crise no Brasil: pretos e pobres. Pessoas que segundo o IBGE, são 40,7% da força de trabalho do Brasil, porém, recebem menos que um salário mínimo. Com a forte precarização do trabalho, mães, pais e filhos enfrentam desafios constantes, entre eles ficar sem nenhuma renda, sair de casa e ser contaminado ou propagar o
vírus.

Outro ponto que merece atenção, está relacionado ao fechamento das escolas públicas. Muitas crianças e muitos jovens dependem da merenda escolar que são fornecidas nestes locais para nutrição, e de certa forma, fonte de alimentação diária. Quando as escolas fecham, segundo o IBGE, a renda de 25,4% das famílias brasileiras fica comprometida. Isto resulta em perdas salariais que afeta toda a família.

Fica evidente, que medidas devem ser tomadas para amenizar os impactos. De modo que o Ministério da Economia deve dar apoio à trabalhadores de baixa renda por meio de bolsa auxílios, para que dessa forma, sair de casa não seja uma obrigação mas uma necessidade. Além disso, o Ministério da educação (MEC) deve adotar por meio do Conselho Nacional da Educação (CNE) um conjunto de diretrizes que visem a continuidade de atividades não presenciais, tais como material didático impresso e aulas virtuais. Dessa forma, igualando a todos os cidadãos brasileiros, o Brasil estará um passo à frente no desenvolvimento da economia.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

JoaoPedro72 , qual dica você me daria para[…]

Sua redação ficou muito boa, mas pec[…]

Seu texto ficou muito bom, mas busque entender sob[…]

1-poucos erros gramaticais, você escreve b[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM