Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#60271
No filme "Coringa" o personagem Arthur Fleck sofre de distúrbio mental, chamado transtorno da expressão emocional involuntário. Na obra mostra a falta de assistência social e de incentivo governamental, que fez com que ele enlouquecesse e virasse o vilão. De maneira análoga à história fictícia, infelizmente essa realidade persiste no Brasil. Dentre de tantos aspectos, destacam-se a negligência estatal e a falta de empatia da sociedade.
Em primeira análise, cabe mencionar a ausência de medidas governamentais para combater essa problemática. Entretanto, de acordo com a Constituição Federal de 1988, prevê em seu Artigo 6°, o direito a saúde, conforme a todo cidadão, mas não são realizados na prática, quando nota-se a ausência de centros especializados, para tratamento de doenças mentais com fácil acesso, tal como, no interior e nas cidades pequenas, até mesmo, profissionais desqualificados. Dessa forma, fica evidente a ineficiência do Estado em atender a todos.
Por oportuno, merece ênfase, a sociedade hostil, sem empatia, que vive de aparência, incapaz de lidar com a indiferença. Parafraseando Arthur Fleck do filme Coringa, "A pior parte de ter uma doença mental é que as pessoas esperam que você se comporte como se não tivesse". Diante disso, percebe-se uma sociedade que normaliza está bem o tempo todo, que ao demonstrar alguma situação, é sinônimo de fraqueza ou "querendo mídia", e até mesmo ser "cancelados", ao ser julgados pelas suas opiniões e sentimentos, quando na realidade, todos estão fingindo.
Portanto, evidencia-se a necessidade de medidas que venham amenizar essa questão. Por conseguinte, cabe o Governo por intermédio do Ministério da Saúde, deve criar mais centros de apoio psicológico, além de promover palestras por meio da rede sociais, conscientizando a população, a fim de tornar uma sociedade saudável e tolerante. Espera-se, com essas medidas, o estigma associado as doenças mentais seja freiado no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Valorização do SUS

Nos dias atuais é válido ressaltar a[…]

“O mais escandaloso dos escândalos &ea[…]

Desigualdade social no Brasil

A desigualdade social no Brasil , pode ser dividid[…]

DESENVOLVIMENTO 2: (Faltou conectivo) Vale de[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM