Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#55761
O autor e dramaturgo, Bernard Shawn, ponderava que a vida é muito curta para se tratar de assuntos não relevantes para a sociedade. À vista disso, na atual conjuntura da sociedade brasileira, poucos temas são mais importantes que os problemas associados às doenças mentais no país. Diante desse contexto, cabe não só analisar o descaso social referente ao tema, como também o papel da tecnologia nesse processo.
Em primeiro lugar, é imperioso destacar que o tratamento desse assunto na sociedade brasileira é feito de forma banal. A filósofa alemã, Hannah Arendt, elabora o conceito de banalidade do mal, onde, questões importantes que não são solucionadas, se tornam comuns dentro da sociedade. Diante disso, podemos perceber que esse conceito se faz presente no Brasil, pois, quem sofre de doenças mentais tem receio de dialogar sobre o tema, porque está se enraizando na nossa cultura que isso é "frescurinha". Consequentemente, aumentando os índices de pessoas doentes mentalmente no Brasil.
Outrossim, a tecnologia tem papel fundamental nesse processo de transtornos mentais. O filósofo francês, Pierre Lévy, crítico da tecnologia, afirma que toda nova tecnologia geram seus excluídos. Com o surgimento das grandes redes sociais, como Instagram e Facebook, possuindo de um certo nível de anonimato, atribuído a internet que é conhecida como "terra sem lei", pessoas de má índole utilizam desse artefato para prejudicar ainda mais as pessoas com transtornos mentais, como depressão e a ansiedade.
Infere-se, portanto, que cicatrizes deixadas por doenças mentais é um problema no Brasil. Para a solução de tal, é preciso que o Governo Federal atuem em corroboração com o Ministério da Saúde, promovendo a capacitação de psicólogos para que se tornem especialistas no tema. Além disso, realize palestras de forma presencial e online entre esses profissionais capacitados e pessoas que sofram dessas doenças com o intuito de conversar e curar a sociedade desse problema. Assim, podemos garantir uma população livre dos estigmas associados às doenças mentais no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 110

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#55766
O autor e dramaturgo, Bernard Shawn, ponderava que a vida é muito curta para se tratar de assuntos não relevantes para a sociedade. À vista disso, na atual conjuntura da sociedade brasileira, poucos temas são mais importantes que os problemas associados às doenças mentais no país. Diante desse contexto, cabe não só analisar o descaso social referente ao tema, como também o papel da tecnologia nesse processo.

Em primeiro lugar, é imperioso destacar que o tratamento desse assunto na sociedade brasileira é feito de forma banal. [faltou conectivo] A filósofa alemã, Hannah Arendt, elabora o conceito de banalidade do mal, onde, questões importantes que não são solucionadas, se tornam comuns dentro da sociedade. Diante disso, podemos perceber [percebe-se] que esse conceito se faz presente no Brasil, pois, quem sofre de doenças mentais tem receio de dialogar sobre o tema, porque está se enraizando na nossa cultura que isso é "frescurinha". Consequentemente, aumentando os índices de pessoas doentes mentalmente no Brasil.
* Não usar 1ª pessoa
* Excesso de vírgulas
* A estrutura está certa, mas precisa se expressar melhor, buscar mais coerência e concordância do que escreve


Outrossim, a tecnologia tem papel fundamental nesse processo de transtornos mentais. [faltou conectivo] O filósofo francês, Pierre Lévy, crítico da tecnologia, afirma que toda nova tecnologia geram seus excluídos. [conectivo] Com o surgimento das grandes redes sociais, como Instagram e Facebook, possuindo de um certo nível de anonimato, atribuído a internet que é conhecida como "terra sem lei", pessoas de má índole utilizam desse artefato para prejudicar ainda mais as pessoas com transtornos mentais, como depressão e a ansiedade. [faltou arrematação]
* A escrita não está fluindo bem, tem que reler o que escreve pra vê o sentido da frase

Infere-se, portanto, que cicatrizes deixadas por doenças mentais é um problema no Brasil. Para a solução de tal, é preciso que o Governo Federal atuem em corroboração [seria o meio?] com o Ministério da Saúde, promovendo a capacitação de psicólogos para que se tornem especialistas no tema. [poderia ser o detalhamento da ação este período, mas teria que trocar o conectivo e adaptar a frase > Além disso, [atenção na concordância] realize palestras de forma presencial e online entre esses profissionais capacitados e pessoas que sofram dessas doenças com o intuito de conversar e curar a sociedade desse problema. Assim, podemos garantir uma população livre dos estigmas associados às doenças mentais no Brasil.
* Deixe claro os elementos da intervenção: agente + ação + meio + finalidade + detalhamento
* As duas ações estão incompletas, tem que apresentar pelo menos uma com todos os elementos


Espero ter ajudado! :D
#55809
Opa, tudo certo?

Quero colocar minhas primeiras palavras dizendo que seu texto está bem legal! A estrutura está semelhante àquela que o Francis Bacon ensinou...

Rapidamente, vou escrever o que eu vi de errado para que tu corrija com o tempo:

Seus conectivos estão faltando e alguns não estão coesos com a oração. Como posso ajudar? No seu desenvolvimento, quando tu for citar alguma frase, geralmente fica coerente colocar conectivos como "De acordo com, conforme, consoante, em vista disso, análogo a isso" (tem outros no próprio site). Analise as redações com maior nota, veja os conectivos que eles usam e pegue os q tu mais gosta.

O seu 2º período dentro do 2º desenvolvimento está completamente solto. Lembre-se, o 3º período (se tiver) aprofunda/explica o argumento colocado antes dele (no 2º período).

Além disso, no seu desenvolvimento eu vi apenas citações, isso não é errado mas torna-se mais interessante (até pra ti mesmo) colocar outros repertórios socioculturais como dados disponibilizados pela ONU, IBGE, OMS... citar que os seres humanos têm o direito de possuir uma saúde plena, pois, isso está assegurado em nossa Constituição atual, te ajuda na redação também.

É isso aí q tenho pra falar...
Desigualdade social

Delys , com certeza❤ se precisar pode chamar.

A chamada Geração Z formada pelos jo[…]

A história brasileira é marcada por […]

A situação atual do trabalho dom&eac[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM