Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#53696
Na obra "O cidadão de papel", Gilberto Dimenstein disserta que apesar das inúmeras leis contidas na Constituição Brasileira, elas se atêm, geralmente, ao plano teórico. Nesse ínterim, nota-se que mesmo sendo uma temática amplamente discutida hodiernamente e integrante no tópico constitucional referente ao direito à saúde, a saúde mental ainda é um impecílio no contexto social brasileiro. Dessa forma, é coerente afirmar que essa problemática deriva não somente do preconceito popular em relação ao tópico, mas também devido a falta de informações oferecidas em âmbitos educacionais.

A priori, analisando de forma crítica o longa-metragem "Milagre da Cela 7" produzido pela Netflix, observa-se a história de um homem portador de doenças mentais que é acusado injustamente de um crime que não cometeu. Fora da ficção, preconceitos associados às doenças mentais são evidentes na sociedade brasileira, possuindo raízes diretamente relacionadas a falta de conhecimento científico, que ocasiona, por conseguinte, na criação de crenças negacionistas embasadas em estigmas populares. Desse modo, a camada social negligente se aliena ao comportamento preconceituoso e nega a necessidade de conscientização sobre a pauta.

Outrossim, no que se refere à escassa abordagem da saúde mental no campo educacional, é imprescindível destacar o papel informativo da educação. De acordo com o sociólogo francês Émile Durkheim, a educação é um fato social, pois participa da construção da visão de mundo do indivíduo, logo, é incontrovertível que ao introduzir a saúde mental como conteúdo de estudo em contextos acadêmicos, a sociedade desenvolveria conhecimento sólido sobre o assunto, colaborando para a diminuição de estigmas provenientes da má informação.

Destarte, urge a necessidade de elaborar medidas para a amenização desse problema. Para isso, o governo deve implementar cartazes de cunho informativo e estatístico dentro de centros de saúde e educação através de verba pública, objetivando transmitir o conhecimento necessário sobre a saúde mental e conscientizar a população através dos dados disponibilizados. Somente assim, o cenário teórico descrito por Dimenstein será executado na prática.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 164

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 196

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 188

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 196

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 176

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#54981
Comp. 1: 160

- Linha 3: "ao direito à saúde, a saúde mental" PODERIA TER EVITADO REPETIR "saúde", mas acho que isso não é um problema.
- Linha 5: "devido a falta de informações" FALTOU A CRASE NO "a".
- Linha 8: "diretamente relacionadas a falta de conhecimento" FALTOU A CRASE NO "a".
- Linha 9: "que ocasiona, por conseguinte, na criação de" O CERTO SERIA "que ocasiona, por conseguinte, A criação de" SEM O USO DA PREPOSIÇÃO EM + A = NA.

Comp. 2, 3, 4 e 5: Acho que ficaram perfeitas.

No filme o menino do pijama listrado, é ret[…]

O combate as epidemias no Brasil

A crescente virtude de epidemias no Brasil est&aac[…]

A epidemia no mundo vem sendo cada vez mais consta[…]

Por nada! Fico feliz por ter ajudado!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM