Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#38336
A filósofa Hannah Arendt defende a tese de que a essência dos direitos humanos é o direito de ter direitos. A tese da pensadora aponta para a importância dos direitos serem mantidos na sociedade. No entanto, no que concerne à questão dos efeitos da violência contra os idosos no Brasil, verifica-se uma lacuna na manutenção dos direitos humanos, o que configura um grave problema. Nesse sentido, a falta de valorização dos idosos e a sensação de superioridade impedem a diminuição de tal lacuna.
Em primeira análise, evidencia-se a falta de valorização dos idosos. Nesse sentido, o filósofo Schopenhauer defende que os limites do campo de visão de uma pessoa determina seu entendimento a respeito do mundo, ou seja, se as pessoas não têm acesso à informação séria sobre os efeitos da violência contra os idosos no Brasil, sua visão será limitada, assim, continuará a manutenção da ideia de que o idoso é menos competente ou um fardos para sociedade. Portanto, são necessárias medidas para mudar tal concepção negativa e combater tais efeitos.
Em segunda análise, vale salientar, a sensação de superioridade em relação aos idosos. Nessa perspectiva, tendo em vista que, o artigo 5° da constituição federal, assegura-se que todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, portanto, a superioridade em relação aos anciões é um crime inconstitucional. Dito isso, em uma pesquisa, a OMS assegura que mais de 50% das pessoas em mais de 50 países têm opiniões negativas sobre a terceira idade, portanto, vale ressaltar que as atitudes e pensamentos negativos sobre os idosos contribuem para os efeitos da violência contra eles no Brasil, visto que, a falta de empatia e a sensação de superioridade contribui para a manutenção da lacuna de direitos criticada por Arendt.
Portanto, para que os efeitos da violência contra idosos deixe de fazer parte da realidade brasileira, medidas devem ser tomadas. Para isso, ONGs de apoio ao idoso, em parceria, com escolas através de rodas de conversa com moradores anciãos da cidade instrua, especialmente, os alunos do ensino fundamental e médio, a valorizar os idosos e suas experiências de vida. Com intermédio de alunos do curso de psicologia das universidades federais, temas como superioridade e violência contra idosos devem ser discutidos, com a finalidade de esclarecer preconceitos sobre a terceira idade e os apoiar. Tais medidas devem ser ministradas no contraturno e acrescentar nota, como atividades extracurriculares, para assim, incentivar o entendimento e superar os efeitos da violência contra os idosos no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

jherodrigues , acredito que em concursos tamb&eac[…]

Millyal , a Duda fez uma ótima corre&ccedi[…]

Então ,para a introdução, i[…]

Yr6tgi8 , oi! Como a Glenda já te deu uma […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM