Avatar do usuário
Por Mahayla
Quantidade de postagens
#130194
A Revolução Francesa de 1789 foi o berço de todos os direitos e deveres construídos na contemporaneidade, tais quais a liberdade e igualdade. No entanto, a questão dos efeitos da inteligência artificial no Brasil é incongruente com esses princípios históricos, em virtude de erros de entes públicos e coletivos. Assim, surge a análise precisa do imbróglio à luz de questões normativas e educacionais.
Sob esse viés, cabe ressaltar, em primeiro plano, que o problema acontece por falhas governamentais. Dentro desse aspecto, o filosofo Platão afirma que a esfera para a realização do bem comum - o que não levado a sério pelos estadistas. Isso ocorre porque há falta de políticas públicas para deter o preconceito, e não procurarem soluções para solucionar o problema. Posto isso, pode causar dependência tecnológica, a substituição de trabalhadores e a limitação de comunicação.
Outrossim, é imperioso destacar, em segundo plano, que as lacunas escolares também são um motivo do óbice. Como não há educação de qualidade para preparar o jovem a saber que prejudica a sociedade e traz vários problemas, poderiam fazer palestras, debates e mostrar que é errado a adversidade persiste e consequências como conflitos religiosos e limitação da liberdade religiosa, entre outros são frequentes. Logo deve-se aplicar o pensamento de Nelson Mandela que afirma “a educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo”, para mudança do quadro retratado.
Fica evidente, portanto, que são fundamentais a criação de alterna para amenizar o impasse citado. Para isso, os interlocutores da informação, como noticiários televisivos e canais da imprensa em outras plataformas, responsáveis por informar e conscientizar a população, devem promover a relevância sobre os caminhos para combater os efeitos da inteligência artificial no Brasil por meio de vídeos e debates com especialistas. Isso para acabar com o vício. Logo, os caminhos para combater ao uso excessivo da inteligência artificial no Brasil será intermediado no século XXI.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
70 Exibições
por Marayza
7 Respostas 
1549 Exibições
por Gu1lherm
0 Respostas 
83 Exibições
por Barbosa284
3 Respostas 
59 Exibições
por sarakmd
1 Respostas 
96 Exibições
por Bella2024
0 Respostas 
141 Exibições
por DayanaDDay
0 Respostas 
368 Exibições
por anaclaram10
0 Respostas 
143 Exibições
por jreis
0 Respostas 
143 Exibições
por raphaelDR
Inteligência artificial e a educaçã
por GabiEstefano    - In: Outros temas
0 Respostas 
37 Exibições
por GabiEstefano

Segundo a história da idade medieval as mul[…]

Segundo o Ex-Presidente da República do Chi[…]

Na obra musical 'Potato Head" escrita por[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM