Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#59245
Bell Hooks define que ser oprimido significa não ter direito a fazer escolhas. Nessa perspectiva, percebe-se a forte opressão presente na questão da gentrificação no Brasil. Tal processo, que consiste numa revitalização elitista, gera efeitos cruéis na vida de muitos brasileiros, pois retira deles a possibilidade de ter escolhas. Nesse sentido, torna-se imperativo atuar sobre o problema, que se estrutura na priorização de interesses financeiros e no silenciamento das massas.
Nesse cenário, ressalta-se, de início, que a preferência pela obtenção de lucro, por parte de empresas, é um fator do problema. Para Simone de Beauvoir, não há crime maior que reduzir um ser humano à condição de objeto. Porém, tal objetificação está presente na grave questão da gentrificação. Visto que, para beneficiar o setor imobiliário, o Estado trata como meros objetos diversas famílias brasileiras, fazendo com que se retirem de seus bairros e casas, sem levar em consideração o fato dessas pessoas serem cidadãs com direitos e vontades. Em vista disso, a priorização do capital precisa ser substituída por uma lógica mais humanitária e social.
Além disso, o silenciamento das vítimas desse processo de elitização urbana ainda é um grande impasse para a resolução da problemática. Nessa lógica, Djamila Ribeiro explica que é preciso tirar uma situação da invisibilidade para que soluções sejam promovidas. No entanto, há, no país, um enorme apagamento dos efeitos que muitos indivíduos sofrem por causa dessa conduta política e capitalista, denominada de gentrificação. Por conseguinte, a dor que milhares de brasileiros sentem por serem obrigados a saírem de suas residências é ignorada pelos setores responsáveis por promoverem a justiça no Brasil. Portanto, urge tirar essa situação da invisibilidade para atuar sobre ela, como defende a pensadora.
Assim, algo precisa ser feito com urgência para amenizar a questão. Logo, o Ministério da Cidadania, por meio da verba pública, deve contratar advogados para defender os direitos daqueles que estão sendo coagidos a deixarem seus lares. Ademais, os canais televisivos, por meio de reportagens, devem dar voz àqueles que foram desapropriados de suas moradias, para que a dor dessas vítimas não seja desconsiderada pelo resto da população e pelos demais orgãos sociais. O objetivo de tais ações é diminuir os efeitos gerados por essa cruel problemática no país, para que, gradativamente, a população saia do lugar de opressão por ter seu direito de escolha negado pelo próprio Estado.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

:D Segundo Paul Atson, co- fundador da Greenpeace […]

O isolamento social durante a pandemia de covid-19[…]

camis23 adorei a correção, concert[…]

No livro, "Os sete maridos de Evelyn Hugo&quo[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM