Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#49209
Embora a Constituição Federal de 1988 assegure o direito de um meio ambiente ecologicamente equilibrado, percebe-se que, na atual realidade brasileira, não há o cumprimento dessa garantia. Isso acontece devido as falhas nas aplicações da legislação e os desmatamentos ilegais.
É relevante abordar, primeiramente, que as fiscalizações para preservar o meio ambiente não são suficientes, a corrupção, a mà coordenação, a fraca capacidade inconstitucional são causas desse problema.
Essa dinâmica de degradação tem sido forte, porque o homem não obedece às leis trazendo graves consequências como o desaparecimento de espécies animais e vegetais. Nesse sentido, observa-se o retrocesso das leis ambientais, por David Boyd, "se o poder da lei não for fortalecido, mesmo as regras mais rigorosas estão destinadas ao fracasso e o direito humano a um ambiente saudável não será cumprido.”
Paralelo a isso, vale também ressaltar que o desmatamento praticado na ilegalidade se apoia em métodos que desrespeitam as normas básicas de convivência em uma sociedade democrática. Com essa pratica perdemos oxigênio que as árvores fornecem e são indispensáveis para a vida, além de, provocar a dissertação responsável pela perda da biodiversidade e do aquecimento global.
Dessa forma, pode-se perceber que o debate acerca da proteção ambiental é imprescindível para a construção de uma sociedade mais sustentável. Nessa lógica, é imperativo que o Ministério do Meio Ambiente, destine verba necessária, junto ao IBAMA e intensifique as fiscalizações para garantir que as leis ambientais estão sendo cumpridas, é fundamental vontade pública para garantir que as leis funcionem. Além disso, cabe as instituições de ensino, promover palestras e passeios para mostrar a importância do meio ambiente e de uma sociedade sustentável. Feito isso, a sociedade brasileira poderá caminhar com a terra que não é herança dos nossos pais, e sim um empréstimo de nossos filhos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Os Impactos das Doenças Mentais no Brasil […]

Modernidade líquida

Segundo o sociólogo Zygmunt Bauman, a socie[…]

O discurso de ódio não é um […]

A contemporaneidade, marcada por avanços na[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM