• Avatar do usuário
#64690
"O capitalismo gera seu próprio coveiro". Tal frase, dita pelo sociólogo Karl Marx, serve de exemplo para as consequências que o corpo social vêm recebendo em virtude da busca incessante por lucro da industria de remédios, uma vez que o acesso à medicamentos têm se tornado cada vez mais escasso.

De acordo com o jornal Estado de Minas, sociedades médicas alertam para falta de medicamento de alto custo no SUS. Tal fato contradiz diretamente a Constituição Federal de 1988, que prevê que a saúde é o direito de todos e dever do Estado. Ademais, o investimento de empresas farmacêuticas está concentrando em produtos de alto retorno para o investimento, o que desequilibra a oferta de medicamentos. Isso se dá à Lei de Patentes, que, consoante o estudo feito pelo Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, impacta o SUS com o valor de R$ 2 bilhões com apenas nove remédios.

Ademais, embora divulguem a ideia de que indústrias farmacêuticas precisam de grandes lucros para poderem pagar por pesquisa, desenvolvimento e inovação, elas gastam mais em recompras de ações para aumentar os preços das vendas e marketing do que em pesquisa e desenvolvimento. Conforme Hélder Martins, a saúde é um problema político, especialmente no que tange à medicina preventiva. De maneira análoga, é evidente que industrias farmacêuticas, bem como a falta de investimentos para a pesquisa, influenciam nessa enfermidade.

Infere-se, portanto, que medidas mais fortes devem ser tomadas. O Supremo Tribunal Federal (STF) deve reduzir o prazo de patentes para empresas farmacêuticas a fim de que remédios genéricos possam ser acessíveis mais rapidamente. Ademais, o Estado deve investir nas universidades que fazem pesquisas e produção, com o objetivo de no desenvolvimento de fórmulas farmacêuticas. Dessa forma, o frase dita pelo sociólogo Karl Marx, no âmbito da saúde, não terá tanto impacto quanto tem hoje.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

País dos sonhos

O escritor Stefan Zweing devido à persegui&[…]

Igualdade social

Como o título tudo diz ,não só[…]

Alienação parental no Brasil

A Declaração Universal dos Direitos […]

hel0oooo , Siiiiim você lembrou kkkkkkkkkkk[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM