• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#68149
Segundo o artigo 6° da Constituição Federal de 1988, o documento jurídico mais importante do país, a educação é um direito inato ao cidadão brasileiro, bem como a saúde e proteção a infância. Entretanto, não é possível ver esse direito pleno na sociedade brasileira, visto que muitos alunos não têm uma aprendizagem efetiva. Isso ocorre, principalmente, por causa do descaso do governo e, consequentemente, das péssimas condições das escolas.

Em primeiro lugar, é importante destacar o descaso governamental com a educação, principalmente com a básica. Segundo o site de notícias Correio Braziliense, em 2020, O MEC (Ministério da Educação) teve o menor investimento no ensino básico da década, deixando o aprendizado ainda mais deficiente, principalmente durante a pandemia da Covid-19. Assim, fica claro o agravamento do ensino no Brasil e que o direito previsto no artigo 6° da Constituição não é pleno no país.

Consequentemente, as péssimas condições estruturais das escolas influem para um aprendizado irregular. Segundo o estudo “Infraestrutura Escolar e Aprendizagens da Educação Básica Latino-americana”, feito pelo BID — Banco Interamericano de Desenvolvimento —, constatou que a falta de estrutura nas escolas (laboratórios de ciências e bibliotecas, por exemplo) prejudica a aprendizagem dos alunos. No cenário brasileiro, a situação é ainda pior, visto que coisas básicas como banheiros e ventilação faltam, ou são precários, em grande número das escolas do país.

Portanto, medidas são necessárias para reverter a atua situação da aprendizagem no Brasil. Desse modo, Ministério da Educação deve investir maiores recursos na estrutura das escolas, principalmente do ensino básico, e equipar adequadamente com bibliotecas e laboratórios, por exemplo, as instituições que já apresentam adequada estrutura básica por meio de um projeto de lei a ser enviado à Câmara dos Deputados. Espera-se com essas medidas, reverter a atua situação e, com isso, tornar o direito à educação verdadeiramente pleno.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#68291
Oii, @LeighTeabing! Posso sim. :D
Assim que der eu passo aqui e deixo sua correção. Adianto que já li seu texto e gostei bastante! AAAA, fico muito feliz que você goste da minha correção. :mrgreen:
#68965
Oie, 🌼 Vim aqui trazer a sua correção. Desculpe-me pela demora, estou no fim do período da faculdade esses dias, bem corrido. Comecei a sua correção antes de ontem, para você ter noção :?

Adianto que não sou a melhor em gramática, continuo estudando para sedimentar melhor os meus conhecimentos a respeito, então não trarei 100% de detalhes da COMP I. Enfim, chega de enrolação, rs.

{INTRODUÇÃO}

Segundo o artigo 6° da Constituição Federal de 1988, o documento jurídico mais importante do país, a educação é um direito inato ao cidadão brasileiro, bem como a saúde e proteção à infância. (Abertura/Repertório) Entretanto, não é possível ver o pleno exercício desse direito na sociedade brasileira, visto que muitos alunos não têm acesso a uma aprendizagem efetiva. (Tese)
Isso ocorre, principalmente, por causa do descaso do governo e, consequentemente, das péssimas condições das escolas. (Apresentação dos argumentos D1 e D2)

COMENTÁRIOS:
A sua introdução está ótima! Traz um repertório logo de início, também fazendo uso de bons conectivos. Além disso, apresenta uma estrutura completa.

Repertório de abertura ✓
Tese ✓
Apresentação dos argumentos presentes no D1 e D2 ✓

Minhas únicas ressalvas estão nos trechos e palavras que substituí ou adicionei. Vale ressaltar, também, que é sempre interessante começar uma frase utilizando um conectivo. Esse é um conselho que me deram aqui e percebo que tornou meus textos bem mais polidos e fluidos. Sobre a apresentação dos seus argumentos, acho que ficou um pouco estranha, não? Analisei aqui e utilizando da estratégia argumentativa que você usou de causa e consequência, faria dessa forma:
Diante dessa perspectiva, percebe-se a consolidação de um grave problema, concebido em virtude do descaso do governo, que consequentemente oferece péssimas condições na estrutura escolar.
(Se não gostar dessas sugestões pode ignorar, tá? rs)

{DESENVOLVIMENTO 1}

Em primeiro lugar, é importante destacar o descaso governamental com a educação, principalmente no âmbito do ensino básico. (Tópico frasal + aprofundamento do argumento 1) Segundo o site de notícias Correio Braziliense, em 2020, O MEC (Ministério da Educação) teve o menor investimento no ensino básico da década, deixando o aprendizado ainda mais deficiente, principalmente durante a pandemia da Covid-19. (Repertório)(Argumentação?) Assim, fica claro o agravamento do ensino no Brasil e que o direito previsto no artigo 6° da Constituição não é pleno no país. (Fechamento do parágrafo)

COMENTÁRIOS: O seu parágrafo está muito bem feito, tirando apenas a falta de uma maior argumentação :/ Você introduz de forma mais detalhada a linha argumentativa sobre falta de investimentos que prometeu no parágrafo de introdução, em seguida apresenta um repertório excelente, entretanto, finaliza o parágrafo...

{DESENVOLVIMENTO 2}
Consequentemente, as péssimas condições estruturais das escolas influem para um aprendizado irregular. (Tópico frasal + aprofundamento do argumento 2 (IMPECÁVEL)) Segundo o estudo “Infraestrutura Escolar e Aprendizagens da Educação Básica Latino-americana”, feito pelo BID — Banco Interamericano de Desenvolvimento —, constatou-se que a falta de estrutura nas escolas (laboratórios de ciências e bibliotecas, por exemplo) prejudica a aprendizagem dos alunos. No cenário brasileiro, a situação é ainda pior, visto que coisas básicas como banheiros e ventilação faltam, ou são precários, em grande número das escolas do país. (Argumentação) (Finalização?)

COMENTÁRIOS: Nesse parágrafo você argumenta muito bem :) Meus únicos comentários são sobre a ausência de uma finalização do parágrafo e a também ausência do pronome reflexivo “se”, pois o sujeito pratica a ação sobre si mesmo.

{CONCLUSÃO}
Portanto, medidas são necessárias para reverter a atual (faltou o L) situação da aprendizagem no Brasil. (Tópico frasal de conclusão) Desse modo, o (faltou o artigo "O") Ministério da Educação (AGENTE) deve investir maiores recursos (AÇÃO) na estrutura das escolas, principalmente do ensino básico, e equipar adequadamente com bibliotecas e laboratórios, por exemplo, as instituições que já apresentam adequada estrutura básica (DETALHAMENTO) por meio de (MODO/MEIO) um projeto de lei a ser enviado à Câmara dos Deputados. (AGENTE 2) Espera-se com essas medidas, reverter a atual (Mais uma vez faltou o L, acho que seu corretor salvou a palavra errada) situação (FINALIDADE) e, com isso, tornar o direito à educação verdadeiramente pleno. (Fechamento com arrematação do repertório introdutório (EXCELENTE estratégia ;))).

COMENTÁRIOS: Eu gostei bastante da sua conclusão, além de apresentar todos os elementos exigidos. Mesmo tendo gostado, ainda acho que você pode evoluir ainda mais!


COMP I - 120 (Algumas ausências de crases, desvios com a utilização da vírgula e algumas frases por vezes desconexas).
COMP II – 160 (Você traz ótimos repertórios e respeita o estilo de texto dissertativo-argumentativo, porém não desenvolveu a argumentação nos dois parágrafos de desenvolvimento, apenas em um. Dessa forma, isso faz com que seu texto se torne expositivo nesse trecho).
COMP III – 160 (Argumentação ausente no segundo parágrafo de desenvolvimento).
COMP IV - 180 (Você poderia ter colocado um pouco mais de conectivos, além de ter repetido alguns, como principalmente, o "Segundo". Gosto de usar no mínimo 5 por parágrafo, pois assim não tem preocupação em tirar menos do que 200 nessa competência. Se atente a diversificá-los mais).
COMP V - 200 (Proposta de intervenção completa e que cumpre papel de solução para os argumentos presentes no texto).


Finalmente, espero que você tenha gostado. Sei que sou "um pouco" (Eufemismo kkk) rígida em relação a alguns pontos, todavia, acho muito válido nós estarmos acostumados a um patamar elevado, pois já chegamos na prova mais do que preparados. Caso tenha algo a refutar, se sinta livre.

Abraços e bons estudos. ;) :mrgreen:
#68976
@chihirukiki, oi.

Muito obrigado pela correção.
820 pontos? Uhm, melhorei em relação a minha última redação, mas ainda estou longe da minha forma ideal. Bom, o único jeito de desenferrujar é treinando.

Obrigado mais uma vez. Ajudou bastante.

P.S: eu realmente não lembro o que fez os L's serem engolidos. ahhahahaha. Vou ficar de olho nisso.
#69209
LeighTeabing escreveu:@chihirukiki, oi.

Muito obrigado pela correção.
820 pontos? Uhm, melhorei em relação a minha última redação, mas ainda estou longe da minha forma ideal. Bom, o único jeito de desenferrujar é treinando.

Obrigado mais uma vez. Ajudou bastante.

P.S: eu realmente não lembro o que fez os L's serem engolidos. ahhahahaha. Vou ficar de olho nisso.
Por nada! Sempre que posso tento ajudar. 💛🌼

Muito se tem discutido, recentemente, acerca das d[…]

nycolas2005 , muito obrigada, fico feliz pela cor[…]

Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio &aacu[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM