Avatar do usuário
Por Isabellamms0
Quantidade de postagens
#125345
A Revolução Francesa de 1789 foi o berço de todos os direitos e deveres construídos na contemporaneidade, tal qual à igualdade. Entretanto, devido a necessidade de um trabalho, independente de sua remuneração, às mulheres sem conhecimento necessário acabam aceitando um trabalho sem visibilidade, ocasionando discriminação de gênero e desigualdade social. Nesse viés, torna-se crucial analisar as causas desse revés, as quais destacam-se omissão midiática e negligência governamental.
Em primeiro lugar, faz-se necessário mencionar o filósofo grego Platão que, em sua obra À República, narrou intitulado "Mito da Caverna", no qual homens, acorrentados em uma caverna, viam somente sombras na parede, acreditando, portanto que aquilo era a realidade das coisas. Dessa forma, em situação análoga à metáfora abordada,os brasileiros,sem acesso aos conhecimentos acerca do trabalho de cuidado, vivem na escuridão, isto é, ignorância dissimulando atitudes preconceituosas e discriminatórias. Fica claro a importância das informações acerca da mídia haja vista que a falta dela aumenta a invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil, prejudicando a qualidade de vida da mesma.
Em segundo lugar, ressalta-se o filósofo contratualista John Locke, para ele, o Estado resulta de um "contrato social" entre o rei e o povo. É perceptível, então que, constata-se uma violação do "contrato social", visto que o Estado não cumpre sua função de garantir à igualdade social a todos os cidadãos brasileiros. Forçando assim, os indivíduos de classes inferiores, a aceitar trabalhos informais. Logo, a negligência do governo aumenta a invisibilidade do trabalho informal por não garantir a igualdade universal.
Destarte, medidas são necessárias para se resolver os problemas discutidos. Isto posto, cabe à mídia, instrumento de ampla abrangência, emitir informações para conscientizar sobre a mal remuneração do trabalho de cuidados assumido por mulheres. Por meio das redes sociais, a fim de desconstruir a visão errada sobre à igualdade de gênero no trabalho. Ademais, o Ministério da Educação, deve, por meio de uma alteração na Base Nacional Comum Curso Curricular, inserir uma disciplina específica, a fim de informar os alunos, principalmente mulheres, sobre como se inserir no mercado de trabalho. Espera-se que, com essa medida que o estado desempenha seu papel, tal como afirma John Locke.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
129 Exibições
por lelevian2018
0 Respostas 
87 Exibições
por kaivitoria
0 Respostas 
95 Exibições
por enzofonseca
0 Respostas 
63 Exibições
por duda2345
0 Respostas 
79 Exibições
por Sarahsan
0 Respostas 
105 Exibições
por Daniellesnts
4 Respostas 
494 Exibições
por Luscano
11 Respostas 
311 Exibições
por Luscano
3 Respostas 
302 Exibições
por KauanKel18
0 Respostas 
67 Exibições
por jams035

Felipe082 Maxy Alunaaaamed Casey12 Ke[…]

Obesidade é uma doença

A obesidade é um problema. Para muitos a […]

besourokafka , lais458 pode corrigir minha humi[…]

besourokafka Tati14 elloysa filipediasx 0[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM