#47679
Em "bood Doctor" o Dr. Shaun é um jovem médico portador de espectro autista que luta diariamente com as dificuldades da sua convivência na sociedade. A história do Dr. Shaun mostra a realidade de muitas pessoas com TEA no Brasil, que sofre com a falta de inclusão na sociedade brasileira. A falta profissionais da Educação qualificados e o preconceito, vem trazendo desafios para inclusão de pessoas com autismo no país.
É de fundamental importância e garantido pela constituição de 1988 a educação para todos. Mas, as pessoas com TEA encontram dificuldades na sua educação. Pois, são poucos os profissionais da educação com qualificação necessário para os mesmos. Conforme explica a Doutora Renata Tibyraça, ainda faltam muitos recursos para a inclusão de pessoas com autismo, entre elas a formação adequada dos educadores.
Além disso o preconceito ainda é um grande desafio para pessoas com espectro autista. Uma matéria feita pelo Jornal de Brasília ressalta o quanto preconceito vem trazendo obstáculos para o desenvolvimento social de crianças com espectro. Também pode citar o caso do pequeno Rafael Alberty, que sofreu preconceito por parte de sua professora, que alegou que o pequeno precisava ir à igreja. Dessa maneira fica claro os desafios para a inclusão de pessoas com espectro autista no Brasil.
É evidente, portanto, que há empecilhos para inclusão de pessoas com TEA no Brasil. Desse modo, é papel do Ministério da Educação qualificada os seus educadores, através de cursos como o PROTEA, para que possa ter inclusão de pessoas com espectro no Brasil. Com o mesmo objetivo o MEC pode ainda,
fazer propaganda por meio de redes sociais, para que haja conhecimento da sociedade sobre o que é o espectro autista, e com isso diminuir o preconceito vivido por essas pessoas no país.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#66519
@eurodrigo
Os desafios da educação a distância no Brasil.

Não é de hoje que se fala em educação à distância no Brasil, mas, em meio anos de pandemia essa modalidade de ensino vem se popularizando cada vez mais. Com isso o ensino EAD vem enfrentando desafios, pois, é grande o número de brasileiros sem acesso a internet ou até mesmo sem aparelho celular ou tablet. Dificultando assim o acesso ao ensino à distância.
É notável que para se ter acesso à educação à distância é preciso ter a sua disposição o uso da "internet", porém, uma pesquisa feita pelo IBGE em 2019 mostra que cerca de 40 milhões de brasileiros não tem acesso à internet no país. O local de moradia dessas pessoas ou até mesmo o alto custo de aquisição a tal produto dificulta o acesso à ela. Fazendo com que milhões de estudantes fiquem sem acesso à educação à distância.
Em contrapartida ter um celular, ou tablet à sua disposição também é fundamental para o acesso à educação à distância, visto que, é através desses aparelhos que o aluno terá contato com o professor. Segundo o IBGE 23% da população de 10 ou mais anos de idade não possuem aparelho celular uma porcentagem preocupante já que muitas dessas pessoas estudam ou fazem faculdade utilizando o método de ensino à distância.
Diante do exposto, fica claro que há desafios da educação à distância no Brasil. Desse modo, é papel do governo em parceria com as empresas de internet móvel disponibilizar o acesso à internet em locais de difícil acesso, através de roteadores 4G ou Torres POPs, para que a população tem acesso à internet e E com isso acessibilidade na educação à distância. Com o mesmo objetivo, o mec ainda pode fazer a distribuição de celulares ou tablets para pessoas de baixa renda no período em que as mesmas estiverem utilizando a modalidade de ensino à

Oi. Ainda hoje eu tento corrigir sua redaç[…]

Spayke , Oi bom dia, eu como só sou um es[…]

oi gente, bom dia esperam que estejam bem quando t[…]

Sabemos que a meritocracia na sociedade brasileira[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM