Avatar do usuário
Por Unicornioff
Quantidade de postagens
#121854
(Alguém corrige por favorzinho)

A constituição federal de 1988, documento jurídico mais importante do país, prevé em seu artigo 6º, o direito à educação como inerente a todo cidadão brasileiro. Contudo, tal prerrogativa não tem se reverberado com ênfase, na prática, quando se observa os desafios e perspectivas da juventude no século XXI no Brasil, dificultando, deste modo, a universalização desse direito social tão importante. Diante dessa perspectiva, faz-se imperiosa a análise dos fatores que favorecem esse quadro.

Em uma primeira análise, deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais para combater a pressão social sofrida pelos jovens da atual sociedade, visto que, a grande maioria sofre pressão tanto dos pais quanto da sociedade o que acaba acarretando, em problemas psicológicos como a depressão e a ansiedade. Essa conjuntura, segundo as ideias do filósofo contratualista John Locke, configura-se como uma violação do "contrato social", já que o Estado não cumpre sua função de garantir que os cidadãos desfrutem de direitos indispensáveis como a educação e segurança, o que infelizmente è evidente no país.

Ademais, é fundamental apontar a desigualdade social como impulsionador desse estigma no Brasil. Segundo o filósofo Eduardo Marinho, não há competição onde há desigualdade de condições, há covardia. Diante de tal exposto à desigualdade económica e social é um desafio persistente, afetando desproporcionalmente os jovens de familias de baixa renda, logo é inadmissivel que esse cenário continue a perdurar.

Depreende-se, portanto, a necessidade de se combater esses obstáculos. Para isso, é imprescindível que o ministério da educação juntamente com o ministério da saúde crie campanhas que invistam na educação de qualidade, na capacitação de profissionais e no fortalecimento da rede de apoio à saúde mental. Assim, se consolidara uma sociedade mais justa e harmoniosa, onde o Estado desempenha corretamente seu "contrato social", tal como afirma John Locke
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
119 Exibições
por Unicornioff
Problemas da juventude no século XXI
por Lebezk    - In: Outros temas
0 Respostas 
46 Exibições
por Lebezk
1 Respostas 
2014 Exibições
por Mylike
0 Respostas 
103 Exibições
por aninha1405
0 Respostas 
96 Exibições
por Sahrebb
0 Respostas 
60 Exibições
por Allanakk9
0 Respostas 
40 Exibições
por ruthcarvalho
0 Respostas 
17 Exibições
por Mari1306
TRAJETÓRIA DE VIDA E PERSPECTIVAS DE CARREIRA
por Ric    - In: Outros temas
0 Respostas 
192 Exibições
por Ric
0 Respostas 
109 Exibições
por mada111
Apenas Teoria

- Repetição de palavras/artigos mais[…]

Trabalho Infantil

- Introdução, desenvolvimentos e con[…]

Excelente argumentação, e tenta enc[…]

Palavras/artigos repetidos durante a redaç[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM